noticias-corporativas

No Dia Nacional do Homem, Instituto Lado a Lado pela Vida (LAL) lança pesquisa para ouvir os homens sobre os impactos da pandemia de Covid-19 em suas vidas

Organização da Sociedade Civil quer ouvir a opinião dos homens brasileiros sobre a sua saúde durante os meses da pandemia do Novo Coronavírus. A pesquisa online é lançada da data em que o país celebra o Dia Nacional do Homem.

São Paulo, SP 15/7/2020 – Em 2020, a saúde foi o assunto mais relevante para os brasileiros. O Instituto LAL quer ouvir os homens sobre os impactos da pandemia de Covid-19 em sua saúde

O Dia Nacional do Homem, instituído no dia 15 de julho de 1992 no Brasil por iniciativa da Ordem Nacional dos Escritores, faz parte da agenda do Instituto Lado a Lado pela Vida (LAL) desde sua fundação, em 2008, para lembrar aos homens sobre a importância de cuidar da saúde. Em 2020, esse tema ganhou ainda mais relevância na vida dos brasileiros, impactados pela pandemia de Covid-19, que segundo o Ministério da Saúde é mais letal entre os homens pardos que têm mais de 60 anos e que apresentam comorbidades (ocorrência de duas ou mais doenças relacionadas no mesmo paciente e ao mesmo tempo).

A data nos lembra que, ainda nos dias de hoje, alguns homens demonstram uma tendência natural a serem mais resistentes a procurar o médico, seja para fazer exames de rotina ou mesmo diagnosticar algum problema alertado por um sintoma. Para alguns, exames de caráter preventivo não fazem parte de sua agenda.

Para Marlene Oliveira, presidente do Instituto Lado a Lado pela Vida (LAL), ao contrário das mulheres que têm a essência do cuidar desde muito jovens, os homens dificilmente internalizam esse hábito na sua rotina. “Uma minoria dos homens no Brasil faz prevenção e, não é raro acontecer de, ao procurar atendimento, receber o diagnóstico avançado de uma doença”.

Essa é uma mudança cultural necessária e o LAL, organização da sociedade civil pioneira no Brasil a dedicar atenção à saúde integral do homem, criador e idealizador da Campanha Novembro Azul, lança em 15 de julho de 2020 uma nova pesquisa de opinião para investigar como anda a saúde dos homens durante o período da pandemia da COVID-19. A pesquisa foi criada para ouvir o público masculino, mas as mulheres podem ajudar a divulgá-la, recomendando aos familiares e amigos que respondam a enquete, que está disponível no site e nas páginas das mídias sociais do Instituto LAL. 

Em 2019, o LAL e a área de Inteligência de Mercado do grupo Abril ouviram 2.405 homens na pesquisa “Um novo olhar para a saúde do homem”, que identificou que 40% deles com até 39 anos e 20% com mais de 40 anos só procuram o médico quando se sentem mal.

O estudo de 2019 mostrou, também, que boa parte dos entrevistados não sabem como está a saúde de seu coração e não se preocupam em fazer exames cardiológicos. Na ocasião, também foram abordadas questões relacionadas à saúde urológica e à emocional. O estudo perguntou aos homens se eles sentiam determinados sentimentos. 63% responderam sofrer de ansiedade, 61% preocupações com temas familiares/afetivos, 56% preocupações financeiras excessivas, mesmo porcentual para estresse e 55% desânimo. Em relação as especialidades médicas, mais da metade dos entrevistados (54%) afirmou que o clínico-geral é a especialidade que mais procuram, contra 13% cardiologista e 7% urologista.

O LAL acredita que a nova pesquisa de 2020 trará informações importantes sobre o comportamento masculino quando o assunto é saúde, pois o forte impacto do Coronavírus na vida cotidiana dos brasileiros pode ter alertado os homens que cuidar melhor da saúde faz a diferença em uma situação como a vivenciada nessa pandemia. “O novo estudo do LAL é mais uma contribuição que oferecemos ao país. Os dados dessa pesquisa poderão ajudar nas discussões que envolvem definições de políticas públicas voltadas aos cuidados com a saúde, incluindo uma melhor comunicação com os homens brasileiros sobre a importância da prevenção, sejam eles usuários dos sistemas público ou privado de saúde”, enfatiza Marlene Oliveira.

 

SOBRE O INSTITUTO LADO A LADO PELA VIDA (LAL) – O LAL tem o compromisso com a população de propagar informação qualificada e referendada por especialistas sobre a importância do autocuidado e do reforço da autoestima, levando para homens, mulheres e crianças a conscientização de que a saúde é o bem mais valioso que nós temos. Humanizar a saúde de norte a sul do Brasil por meio do diálogo, do acolhimento e da promoção do bem-estar físico e emocional dos cidadãos é a missão do Instituto. Para isso, sua equipe utiliza os canais de comunicação (portal e redes sociais), realiza campanhas de prevenção e conscientização sobre a importância do diagnóstico precoce de doenças e, também, organiza fóruns que discutem e propõem caminhos para a melhoria da saúde no Brasil.

 

Website: http://www.ladoaladopelavida.org.br