OPINIÃO

Os desafios da liderança

desafios lideranca - lygia pontes
(Imagem: reprodução)

“Quando temos um time unido, a responsabilidade acaba sendo dividida”. Liderança pauta artigo de Lygia Pontes para o Comunique-se

Ser líder não é uma tarefa simples. É preciso gerenciar a equipe, administrar as diversas ferramentas das empresas dedicadas à gestão de recursos humanos, motivar o time e dar o exemplo em suas atitudes e comportamentos. No meio de tudo isso ainda estão “as atividades para as quais a profissional foi contratada”, como eu já ouvi algumas vezes. É muita coisa!

Por isso, ter aliados é essencial. E eles estão muito próximos: são os integrantes da equipe. Quando temos um time unido, a responsabilidade acaba sendo dividida e todos passam a zelar pelo bom desempenho do grupo. Por exemplo: se um profissional está sobrecarregado e com dificuldade de cumprir prazos, pedir ajuda não é um problema – na verdade, muitas vezes, o apoio chega sem nem precisar solicitar, porque a necessidade já foi percebida pelo colega. Com isso, a liderança não precisa estar o tempo todo olhando tudo e todos.

Leia mais:

Para chegar nesse nível de integração, é preciso construir um ambiente colaborativo. E isso é possível por meio de algumas atitudes:

  • Dar o crédito: nunca, em hipótese alguma, pegue o crédito por algum projeto ou ideia. E se alguém da sua equipe fizer isso, converse com a pessoa;
  • Manter a calma: mesmo nas situações mais complicadas, não grite, não brigue. Se perceber que está muito nervoso(a), esfrie a cabeça;
  • Priorizar: não peça para sua equipe fazer tudo ao mesmo tempo. Verifique o que é prioridade e trabalhe dessa forma;
  • Fornecer feedback: parabenize a sua equipe em público e critique em particular. As duas atitudes são importantes e devem ser feitas praticamente todos os dias. Não espere apenas os momentos formais de feedback, porque as situações podem ter sido esquecidas ou ter uma importância menor depois de tanto tempo;
  • Combinar “o jogo” com os envolvidos: nunca prometa nada sem antes falar com os profissionais que serão responsáveis por executar uma tarefa. Apenas eles poderão dizer se ela é viável, se o prazo é adequado e se todas as informações foram fornecidas.

Existem muitas outras atitudes que podem ser tomadas pela liderança para tornar o ambiente de trabalho colaborativo, mas eu considero essas as mais relevantes. Porém, no meio de toda a correria do dia a dia, pode ser que você se esqueça delas. Se isso ocorrer, não se preocupe. Aplique as duas regras de ouro para um bom relacionamento pessoal e profissional: reciprocidade (não faça com os outros o que não gostaria que fizessem com você) e peça desculpas quando errar.

SOBRE O AUTOR

Lygia Pontes

Relações Públicas formada pela USP e com especialização em Administração de Empresas pela FGV - SP. Após mais de dez anos trabalhando em comunicação corporativa, decidiu se tornar advisor, consultora e palestrante para auxiliar empresas e profissionais a alcançarem o sucesso com eficiência e equilíbrio. Por meio de serviços com metodologias exclusivas e apoiados em três pilares (comportamento, comunicação e gestão), colabora com organizações para alcançarem suas metas, a partir do trabalho de funcionários motivados, e auxilia pessoas a encontrarem o caminho para a felicidade na vida profissional.

COMENTAR

COMENTAR

Notícias Corporativas

  • SUATV - TV Corporativa, Mural Digital e Digital Signage é SuaTV
  • RIWEB
  • Dino
/* ]]> */