COMUNICAÇÃO

A publicidade pode salvar o jornalismo?

publicidade - jornalismo - washington olivetto - milton gamez - thomaz souto correa
Thomaz Souto Corrêa, Washington Olivetto e Milton Gamez no debate do Clube da Imprensa (Imagem: Marcia Minillo)

Branded content e outras ações de publicidade podem ajudar a salvar financeiramente projetos de jornalismo? Há limites entre as duas áreas? Esses questionamentos foram temas no encontro do “Clube da Imprensa” desta semana. O bate-papo foi realizado no Bar Brahma, em São Paulo, na noite de terça-feira, 24. O debate contou com as participações do jornalista Thomaz Souto Corrêa e do publicitário Washington Olivetto – que posteriormente anunciou sua saída do comando da WMcCann para se mudar para a Inglaterra.

Confira, abaixo, como foi o evento que teve mediação de Milton Gamez.

A publicidade vai salvar o jornalismo? As implicações e os limites na zona cinzenta do branded content

Publicado por Clube da Imprensa em Terça-feira, 24 de outubro de 2017

SOBRE O AUTOR

avatar

Anderson Scardoelli

Orelhudo, observador e contador de histórias. Não necessariamente nessa ordem. De sua querida Estância Turística de Sapopemba, na zona leste de São Paulo, para o mundo. Graduado em jornalismo pela Uninove e com especialização em jornalismo digital pela ESPM, mas gosta mesmo de dizer que foi formado pelo Comunique-se. Trabalha na empresa há mais de 10 anos, indo de estagiário de pesquisa a editor sênior. No meio do caminho, foi estagiário de redação, trainee, subeditor, editor júnior e editor pleno. Gosta de escrever e de falar sobre (adivinhem?) jornalismo!

COMENTAR

COMENTAR