cURL Error: Connection timed out after 10001 milliseconds Startup torna a busca por terrenos hiper-personalizada - Portal Comunique-se cURL Error: Connection timed out after 10001 milliseconds
Portal Comunique-se

Startup torna a busca por terrenos hiper-personalizada

nutra brasil - topo mega banner
cURL Error: Connection timed out after 10001 milliseconds

As previsões para o mercado de construção civil no Brasil em 2024 apontam para uma melhora em relação a 2023. A adaptação dos agentes financeiros às novas diretrizes do governo Lula e a queda gradual da taxa de juros, confirmada após a última reunião do Copom em 31 de janeiro, são sinalizadores relevantes. 

Segundo o último índice Fipe/ZAP, o mercado imobiliário de médio e alto padrão está reagindo positivamente com aumento na comercialização e valorização de unidades. Apontando uma reação também positiva neste mercado, o déficit habitacional do país já supera a marca de 5,8 milhões de domicílios, com o governo aprovando um orçamento 40% maior para o programa Minha Casa Minha Vida. Investimentos públicos, aliados às novas regulamentações do programa, vêm continuamente impulsionando o crescimento das ofertas residenciais no setor econômico.

Conforme apontam os últimos anuários do Secovi-SP, quando se há juros mais baixos e segurança econômica, historicamente as empresas voltam a acelerar as frentes de novos negócios, subindo os números de lançamentos. A consequência desse cenário é um aumento no hunting pelos melhores terrenos, o marco inicial e decisivo para que este “embrião” se torne um empreendimento de sucesso.

“A matéria-prima no setor de incorporação e loteamento são os terrenos, sem uma boa área nada acontece” – simplifica Rogério Riquelme, da Cipasa Urbanismo. 

Ao contrário do que muitos pensam, o ciclo do mercado imobiliário vai muito além daqueles dois anos em que se vê um canteiro de obras em plena transformação. Seja para as incorporadoras ou loteadoras, o início desta esteira se dá com a busca por áreas para receber um novo empreendimento.

Enquanto isso, a tecnologia no mercado de incorporação e loteamento vem crescendo rapidamente. De acordo com os últimos estudos da Terracotta Ventures, ocorreu um aumento de 282% nas proptechs e construtechs nos últimos cinco anos. Neste estágio inicial do ciclo imobiliário, várias startups estão oferecendo soluções baseadas em dados ou estudos generativos para agilizar as análises e viabilidades dos terrenos para as empresas. 

Após quatro anos de existência e três de operação, a proptech Terreno Livre se inseriu neste mercado para atuar na busca por terrenos, originando efetivamente negócios.”Eles vieram para nos ajudar com a prospecção. Usamos a plataforma com frequência, em busca das melhores áreas para nossa empresa” – como bem resumido pelo Marlus Werneck, da Construtora Tenda. 

De um lado o Terreno Livre recebe terrenos diariamente, por corretores, imobiliárias e também por proprietários, em todo Brasil – e do outro oferece uma ferramenta completa de prospecção para as companhias que precisam desse ativo para a sua expansão. E agora além de uma plataforma, conseguiu aliar pessoas à sua tecnologia, humanizando e personalizando o trabalho minucioso de busca de áreas para cada empresa. 

“Considerando a busca específica de cada companhia, vimos que além da nossa tecnologia (plataforma), era crucial fornecer orientação personalizada (como um opcional de uma prestação de serviços ou uma consultoria). Com a novidade das Captações Dedicadas, nos tornamos um braço complementar e adicional de prospecção para as empresas. – conta Antônio Freitas, CEO e fundador do Terreno Livre.

O primeiro trimestre se caracteriza por um período de planejamento e organização das empresas em suas frentes de trabalho, estruturando pessoas e contratações de ferramentas necessárias para alcançarem seus objetivos ao longo do ano. Assim foi o depoimento do Rodrigo Riskalla, da Longitude Incorporadora – “Começamos a utilizar a plataforma em meados do ano passado, junto do time de Novos Negócios no interior de SP – e agora em 2024, teremos um ano de muita energia com as prospecções de terrenos na nossa nova regional de São Paulo capital, onde o Terreno Livre também será mega importante nessa operação”

As incorporadoras e loteadoras têm sido ainda o mercado principal de atuação do Terreno Livre – ainda que com atuação mais forte em todo o Estado de São Paulo e no Sudeste como todo, agora atuando em todo território nacional.

Para mais informações, basta acessar: https://www.terrenolivre.com.br/

Compartilhe
0
0
nutra brasil - topo mega banner
cURL Error: Connection timed out after 10001 milliseconds