Portal Comunique-se

Super Tupi vai voltar parcialmente neste sábado

Em greve desde dezembro de 2016, os funcionários da Super Rádio Tupi decidiram em mais uma Assembleia realizada em 1º de fevereiro que a greve será mantida. Conforme destacou o site Rádio de Verdade, os funcionários da emissora decidiram manter paralisação por tempo indeterminado após votação com placar de 55 a favor de manter a greve x 32 a favor da volta.

Porém, em sua conta no Twitter, o jornalista Wagner Menezes, um dos principais nomes do departamento de esportes da emissora comunicou que a emissora voltará mais forte do que nunca, que os principais comunicadores da emissora aliados a vários operadores de áudio e de externa, produtores e colaboradores decidiram voltar com força total no sábado, 4 de fevereiro.

A proposta da diretoria dos Diários Associados foi fazer o pagamento de um salário, a ser efetuado nesta sexta-feira, 3, e o salário de dezembro dividido em duas parcelas: metade em 25 de fevereiro e a outra metade em 5 de março. Na fala de alguns funcionários se observou a revolta diante da análise lógica – fevereiro e março estariam no mesmo esquema de atraso.

No decorrer da noite de quarte e durante toda a quinta-feira os funcionários derrotados na votação durante a assembleia se articularam para convencer que não aceitarem a proposta da direção significa fechar a Super Rádio Tupi. Muitos dos que votaram a favor da manutenção da greve mudaram de opinião na quinta-feira, 2: diante do pagamento na sexta-feira, aceitam a entrar no ar já no sábado.

A expectativa é que seja transmitido o ‘Show do Clóvis Monteiro’. A jornada esportiva da Super Tupi está praticamente garantida, já que apenas quatro nomes do esporte se mostram irredutíveis até o momento, insistindo em honrar o voto dado na assembleia em favor da manutenção da greve.

Em breve mais informações.

Compartilhe
0
0

Anderson Cheni

Jornalista. Editor do blog Cheni no Campo, página que está no ar há mais de 10 anos. Apresentador da RIT TV e narrador esportivo do Portal Terra e da Enterplay TV. Proprietário da Cheni no Campo, empresa especializada em locução, narração esportiva e producão de eventos corporativos. Com mais de 20 anos de atuação na cobertura esportiva, soma passagens por emissoras de rádio de Mato Grosso e Capivari (SP). Em São Paulo, trabalhou nas rádios Record, Capital, Globo e CBN e nas TVs Sky e Rede Brasil. Foi editor-chefe do extinto jornal O Fiel.

Papo de Redação

Prêmio Comunique-se

Patrocinadores Ouro

Patrocinadores Ouro



Patrocinadores Prata

Patrocinadores Prata



Patrocinadores Bronze

Patrocinadores Prata