cURL Error: Connection timed out after 10001 milliseconds Tecnologias atuam na proteção de sistemas de energia em subestações - Portal Comunique-se cURL Error: Connection timed out after 10001 milliseconds
Portal Comunique-se

Tecnologias atuam na proteção de sistemas de energia em subestações

nutra brasil - topo mega banner
cURL Error: Connection timed out after 10000 milliseconds

As subestações elétricas são parte da rede onde a energia é transformada, controlada e distribuída para as cidades e grandes centros de consumo. A indústria desse setor, assim como outras, está passando por uma transformação digital. Segundo dados da Empresa de Pesquisa Energética (EPE), o período entre 2010 a 2020 aponta R$ 740 bilhões investidos em energia elétrica no Brasil, com valores anuais que superam R$ 60 bilhões.

Com a transformação do setor, o gerenciamento de sistemas está se movendo em direção à automação e Inteligência Artificial (IA). Atualmente, existem soluções no mercado que combinam tecnologia de vídeo inteligente, incluindo câmeras de alta resolução, recursos de imagem térmica e IA que permitem operações mais eficientes. 

Sendo assim, Jader Mantellato, Gerente de Desenvolvimento de Negócios Verticais da Hikvision, apresenta cinco dicas para transformar uma subestação elétrica em um local mais seguro.

1 – Câmeras para monitorar ativos críticos

É interessante investir em câmeras de posicionamento e redes secretas, pois elas fornecem imagens panorâmicas e divisórias de todos os ativos críticos, como transformadores, interruptores de isolamento e painéis de controle. Por meio desse tipo de tecnologia é possível ter o status, em tempo real, do funcionamento dos equipamentos e assim realizar os ajustes necessários.

2- Termografia infravermelha 

Em subestações de energia, os equipamentos precisam passar constantemente por medição de temperatura. Para esse processo, a termografia infravermelha é a solução mais indicada. As câmeras térmicas são projetadas para detectar se o equipamento está funcionando normalmente, ou seja, dentro dos parâmetros estipulados em ambientes de distribuição de energia.

3 – Sistema de imagem e vídeo com IA

Os sistemas de imagem e vídeo alimentados por Inteligência Artificial proporcionam inspeções mais detalhadas e eficientes, o que aumenta a segurança nas subestações. Além disso, essa abordagem inteligente permite planejamento on-line, resposta em tempo real e verificações remotas, reduzindo o tempo e os custos.

4 – Proteção de perímetro e áreas críticas com reconhecimento facial

Ter o controle total dos perímetros e áreas críticas é essencial quando se fala em subestações de energia. Os gestores podem apostar em soluções inteligentes como, por exemplo, a instalação de barreiras giratórias e controladores de acesso integrados ou terminais de reconhecimento facial, minimizando os riscos. De acordo com dados da Conexis Brasil Digital, grupo que representa as principais operadoras de telefonia e internet do país, revelam que os roubos e furtos de cabos de telecomunicação no Brasil atingiram patamar recorde no primeiro semestre de 2023. Neste período, foram furtados quase 2,9 mil km de fiação, o equivalente a 16 km por dia.

5 – Gerenciamento centralizado e inteligente 

Para ter insights claros e controle de toda a subestação elétrica é preciso contar com um painel que apresente dados de forma clara. Gerenciamentos desse porte exibem as operações no local em andamento e o status da inspeção em tempo real, além de informações detalhadas e indexação de dados. Tecnologias deste tipo auxiliam o responsável técnico a tomar decisões rapidamente e, assim, aumentar a eficiência operacional.

Compartilhe
0
0
nutra brasil - topo mega banner
cURL Error: Connection timed out after 10001 milliseconds