COMUNICAÇÃO

Usuários do WhatsApp são vítimas de crime de estelionato

whatsapp-estelionato
(Imagem: Divulgação)

Imagine que um amigo ou amiga íntima te peça ajuda financeira pelo whatsApp, dizendo que te pagará em breve? A reação da maioria das pessoas é ajudar. Mas cuidado, esse pedido pode ser um golpe. Criminosos clonam números de celulares e pedem dinheiro.

A jornalista Fernanda Pimentel, teve o número de telefone clonado. Os bandidos pediram dinheiro para vários contatos dela. Duas amigas depositaram. Ela detalha.

Fernanda explica que ela e as amigas entraram na Justiça para reaver o dinheiro perdido no golpe do whatsApp.

O especialista em segurança da informação, Francisco Marcelo, afirma que podem existir casos de funcionários de operadoras que ajudam na clonagem, mas que são raríssimos. Ele esclarece que os criminosos aproveitam o uso incorreto do aplicativo para roubar os dados do chip.

Para se prevenir do golpe no aplicativo, é recomendável fazer atualização de segurança do aplicativo. Escolha a conta, depois ative a verificação em duas etapas e defina uma senha de seis dígitos. Se o chip for clonado, os criminosos não terão acesso a sua senha.

*Dayana Vitor

Leia mais…

CNJ autoriza uso do Whats para intimações judiciais

Comissão assegura que serviços como o Whats continuem livres e gratuitos

Sigilo no Whats é tema de discussão no Supremo

SOBRE O AUTOR

Radioagência Nacional

Radioagência Nacional

Criada em 2004 e disponibiliza, de forma gratuita, conteúdos produzidos pelas emissoras de rádio da EBC e pelas rádios públicas parceiras, entre reportagens, entrevistas, programetes e spots. Os áudios são utilizados por mais de 3 mil emissoras cadastradas, entre rádios comunitárias, públicas e privadas.

1 COMENTÁRIO

COMENTAR

Notícias Corporativas