OPINIÃO

Você não tem que fazer tudo – por Lygia Pontes

Mais um artigo de Lygia Pontes para o Portal Comunique-se

Lives de artistas, cursos online, apps e lives para fazer exercícios. Sem contar os encontros virtuais. Surgiram tantas oportunidades de ocupar o nosso tempo durante a quarentena, que me fez pensar que sempre damos um jeito de estarmos muito ocupados, acelerados e com pressa. “Preciso “correr” porque tenho que ver uma live agora.” “Não posso descansar, porque tenho que fazer exercícios”. Calma! Você não tem que fazer tudo o que aparece ou o que os outros estão fazendo ou o que acha que deveria fazer.

Além de não termos a obrigação de fazer tudo o que surge durante o isolamento social, precisamos lembrar que esse não é um momento de férias. Estamos em casa – quem pode ficar – para evitar que a crise do coronavírus tome proporções ainda maiores (sim, pode piorar). Ou seja, é um momento que tem exigido muita resiliência, capacidade de adaptação e calma.

Esses tempos também têm nos obrigado a adiar planos e sonhos. É muita coisa para administrar e é natural que a nossa disposição não seja a mesma que em uma situação normal. Por isso, ficar se cobrando para fazer tudo o que acha que deve fazer pode deixar essa crise ainda mais complicada de ser vencida.

Leia mais:

• É preciso investir mais em comunicação corporativa – por Tânia Magalhães
• Pandemia força professores de jornalismo a adaptar currículo

O importante nesse momento é ter calma, desacelerar, descansar, estar próximo de quem está ao seu lado em casa e de quem ama (mesmo que virtualmente) antes de sair programando um monte de coisas ou aceitando todos os convites que surgem. Com a mente mais tranquila, você vai tomar as melhores decisões para passar por esse momento e isso pode significar “apenas” estar com a saúde em dia.

Para mais recomendações de como agir na crise, leia meu outro texto publicado aqui. Adianto que, assim como este, o ponto principal é desacelerar e lembrar que você não tem que fazer tudo. Aliás, essa regra é para ser usada sempre. Com calma e com foco nas prioridades, conseguimos viver com mais leveza, mesmo em situações de crise.

E se precisar de mais apoio para lidar melhor com esse momento, entre em contato: lygia@lygiapontes.com