OPINIÃO

A TV está morrendo?

a tv está morrendo? - pergunta de Vinícius Dônola
(Imagem: Canva.com)

Articulista-parceiro do Portal Comunique-se, Vinícius Dônola grava o vídeo final da série intitulada Manual para a TV

Será, aliás, que a TV está morrendo? Com a resposta, o jornalista Vinícius Dônola…

O jornalismo está vivo. Mais vivo do que nunca. E nós, jornalistas da TV, cumprimos um papel essencial num momento turbulento – e decisivo – da história do nosso país.

Leia mais:

Que este manual tenha fortalecido suas convicções. O Brasil precisa – e precisará – de exímios contadores de histórias.

Assista ao vídeo:

Obrigado por assistir a esse vídeo! Espero que o conteúdo tenha sido útil para você e para a sua carreira. Falar sobre o mundo do telejornalismo é, para mim, algo fascinante. Eu adoraria ouvir o seu comentário a respeito do que achou desse e dos meus outros vídeos. Seus comentários pautam o meu canal, então vamos conversar!

Conheça os bastidores da minha carreira no livro Histórias das Histórias que Contei.

SOBRE O AUTOR

avatar

Vinícius Dônola

Jornalista, 50 anos. É a cara e a voz que o grande público conhece por suas reportagens de televisão, transmitidas pelas principais emissoras do país.

Foi repórter especial da TV Globo, onde trabalhou para os programas 'Globo Repórter', 'Jornal Nacional' e 'Fantástico'. Na Record TV, foi correspondente em Nova York, repórter especial do 'Jornal da Record' e apresentador do 'Domingo Espetacular'. Ao longo de sua carreira, foi contemplado com o Prêmio Tim Lopes de Jornalismo Investigativo e o Prêmio Vladimir Herzog, concedido anualmente a profissionais e veículos de comunicação que se destacaram na defesa da cidadania e dos direitos humanos e sociais.

COMENTAR

COMENTAR