COMUNICAÇÃO

Ator Carlos Vereza ofende repórter e acaba desmoralizado por jornal

ator carlos vereza - o povo - repórter - renato abê
Carlos Vereza atacou e ofendeu jornalista do O Povo (Imagem: Tatiana Fortes/O Povo)

O repórter Renato Abê, do jornal O Povo, foi ofendido por Carlos Vereza. Em reportagem, o impresso defendeu o profissional da imprensa e desmentiu as afirmações do ator

Renato Abê, repórter do O Povo, foi ofendido e atacado pelo ator Carlos Vereza. Em reportagem para o online, o veículo explicou a situação, repudiou a postura do artista e desmentiu as afirmações ditas por ele. O artista da TV Globo tenho atacado o comunicador desde 15 de abril, quando foi entrevistado em Fortaleza.

O jornalista de O Povo conversou com o ator em função do monólogo “Iscariotis – A outra face”. O espetáculo é estrelado por Carlos Vereza. O veículo conta que Renato Abê tratou de temas políticos na entrevista, conforme tinha alinhado com a assessoria de imprensa. Na ocasião, o intérprete deu declarações polêmicas e disse, inclusive, que a vereadora fluminense Marielle Franco, morta com quatro tiros, foi um “cadáver fabricado”.

No encontro, Carlos Vereza tocou diversas vezes no jornalista afirmando ser médium . Ele chegou a dizer que estava vendo nele uma “aura petista”. No final da conversa, ofendeu o repórter com palavras de baixo calão. O Povo revela os ataques feitos pelo artista no Facebook. Pela rede social, Renato Abê foi chamando de “patife” e “calhorda”. O jornal foi definido como “desonesto” pelo entrevistado. Carlos Vereza ainda acessou o perfil pessoal do jornalista para ofendê-lo.

“O Povo reafirma irrestrito apoio a Renato Abê, que reagiu com tranquilidade e profissionalismo aos xingamentos e provocações a que foi submetido durante a entrevista e depois dela. De início, foi oferecido apoio jurídico ao repórter, que considerou não ser necessário. Com o continuar das agressões torpes ao longo da semana, no entanto, avaliamos importante repor publicamente alguns pontos”, declarou o veículo.

As informações falsas divulgadas pelo ator são:

  • O jornalista não entrou “oportunisticamente” no teatro, enquanto a produção montava o cenário da peça. A entrevista havia sido marcada com a própria assessoria de imprensa da Secretaria da Cultura do Ceará (Secult), sendo explicado que a conversa teria como tema questões políticas, assunto que o ator costuma abordar;
  • É mentirosa a afirmação de que o jornal não divulgou a peça Iscariotis. O monólogo apareceu na capa do Vida & Arte Guia do dia 12/4. Na própria entrevista concedida ao repórter é feita menção à peça e ao local da apresentação;
  • O jornalista não plantou notas em veículos de esquerda para se autopromover, como afirma o ator. A entrevista foi publicada nas redes sociais do O Povo;

SOBRE O AUTOR

Redação Comunique-se

Redação Comunique-se

Equipe responsável pela produção de conteúdo do Portal Comunique-se. Atualmente, a redação é composta pelo editor Anderson Scardoelli e a repórter sênior Nathália Carvalho.

COMENTAR

COMENTAR

Notícias Corporativas