COMUNICAÇÃO

Acaba o casamento entre ESPN e Alê Oliveira

casamento - alê oliveira - espn
Alê Oliveira e ESPN: fim do casamento de 17 anos (Imagem: Arquivo/Divulgação/ESPN)

Fim de um casamento. Foi dessa forma que o comentarista esportivo Alexandre Oliveira, o popular Alê Oliveira, comentou a sua saída da ESPN, selada oficialmente no início da noite desta terça-feira, 1º de agosto. Em mensagem publicada no Instagram, ele deixa registrada a característica que o marcou na televisão: irreverência. “Foi a mais linda história de amor”, escreveu a respeito da relação construída com a emissora.

Confira a íntegra do relato de Alê Oliveira sobre o fim do casamento com a ESPN:

Ex-jogador profissional de futsal, Alê Oliveira entrou no canal voltado ao “fã de esporte” em 2000. Nos primeiros trabalhos para a emissora, se dedicava a comentar exclusivamente as partidas transmitidas da modalidade que mais conhecia. Os anos se passaram e a presença do irreverente cronista se tornou mais constante na programação da ESPN. Passou a ser escalado para jogos internacionais de futebol e se tornou integrante fixo da edição matinal do ‘Bate Bola’. Em 2014, por exemplo, foi o comentarista da transmissão exclusiva feita para os cinemas da final da Champions League.

Conteúdo relacionado…

Saída depois de discussão com maquiadora da ESPN

O fim da relação ESPN & Alê Oliveira ocorre semanas após o comentarista se envolver em discussão com uma maquiadora da empresa. O atrito foi repercutido pela imprensa, com o profissional chegando ser tido como responsável por prática de injúria racial – o que foi categoricamente desmentido pela direção do veículo de comunicação e pelo comentarista. Dias depois, contudo, as férias dele foram antecipadas (seguindo fora do ar).

A suposta ofensa racial foi citada pelo canal em nota oficial. No comunicado, a equipe da emissora enfatiza que nada do tipo foi constatado, mas sinaliza que o caso influenciou na saída do cronista esportivo. “A ESPN e o comentarista Alexandre Oliveira decidiram, em comum acordo, encerrar o contrato nesta terça-feira. Muito embora não tenha sido constatada ofensa racial em recente episódio envolvendo uma funcionária da ESPN, as partes optaram por não continua com o contrato. A ESPN agradece ao comentarista pelos anos de parceria e deseja sucesso em seu futuro profissional”, registra o texto divulgado pelo veículo.

Futuro profissional de Alê Oliveira

Fora da televisão, Alê Oliveira segue como integrante do ‘Estádio 97’, programa transmitido de segunda a sexta-feira, das 17h30 às 20h, pela rádio Energia 97 (97.7 FM na Grande São Paulo). Popular nas redes sociais, o profissional ganhou a alcunha de “mito” dos internautas e se destaca com vídeos descontraídos. Somente no Instagram, conta com mais de meio milhão de seguidores.  Homem de negócios, participa de eventos e mantém a “Loja do Mito“, site em que comercializa canecas e camisetas com frases e desenhos que o fizeram ter reconhecimento na mídia esportiva.

SOBRE O AUTOR

avatar

Anderson Scardoelli

Orelhudo, observador e contador de histórias. Não necessariamente nessa ordem. De sua querida Estância Turística de Sapopemba, na zona leste de São Paulo, para o mundo. Graduado em jornalismo pela Uninove e com especialização em jornalismo digital pela ESPM, mas gosta mesmo de dizer que foi formado pelo Comunique-se. Trabalha na empresa há mais de 10 anos, indo de estagiário de pesquisa a editor sênior. No meio do caminho, foi estagiário de redação, trainee, subeditor, editor júnior e editor pleno. Gosta de escrever e de falar sobre (adivinhem?) jornalismo!

COMENTAR

COMENTAR

Prêmio Comunique-se