Portal Comunique-se

Cine Brasil TV busca séries de ficção, documentários e longas

“Preciso de projetos autorais, com densidade, paixão e alma. Uma versão rica da realidade brasileira”, diz Maria Rita Nepomuceno, coordenadora de licenciamento do canal Cine Brasil TV, em entrevista à Imprensa Mahon. É ela quem seleciona os projetos para produção, e diz precisar de documentários investigativos, formato longa metragem, e de séries ficcionais.

“Queremos muito séries de ficção, temos 14 em andamento no Prodav. É um diferencial do canal permitir liberdade autoral na ficção. Procuramos realidade brasileira não maquiada, realismo, questões ligadas a diferentes classes sociais e também questões de gênero”, explica a executiva.

Uma parceria do Cine Brasil TV com a France Presse possibilita que as produtoras usem materiais da grande mídia para discutir, de forma autoral, eventos políticos e aspectos pouco conhecidos da história do Brasil. Para enviar seus projetos, entre no cinebrasil.tv, lá há uma aba para apresentar seu projeto.

“Pedimos tudo o que a Ancine pede no formulário do Prodav 1: roteiro, quando é longa de ficção, ou a estrutura de abordagem do primeiro episódio da série; o orçamento descritivo, pra termos algum jogo pra saber onde se está botando o dinheiro, e se tiver que enxugar, onde enxugar. Queremos ver seus trabalhos anteriores, basicamente para ver se você sabe do que está falando”, explica Maria Rita Nepomuceno.

A executiva do Cine Brasil TV avisa a quem deseja enviar conteúdo para a emissora: “não queremos nada educativo, nem de turismo. Também não queremos conteúdo para ‘mais de 18 anos’. Somos um canal familiar, trabalhamos com 14 anos no máximo. Drama a gente até dá uma flexibilizada, mas caso a caso”.

Confira, em vídeo, a íntegra da entrevista com Maria Rita Nepomuceno:

Compartilhe
0
0

Krishna Mahon

Graduada em jornalismo e cinema, com curso de extensão em ficção científica pela Universidade de Michigan (EUA) e bagagem considerável pelo meio televisivo - meio em que atua há mais de 20 anos. Atualmente, é apresentadora da Band e do SexPrivé. Já passou por Rede Minas, Discovery, Mixer Films. De 2010 a maio de 2018, fez parte da equipe da A&E Television, onde já foi produtora executiva e respondeu como diretora de conteúdo original dos quatro canais da empresa: History, A&E, Lifetime e H2. Agora, traz para o Portal Comunique-se a "Imprensa Mahon", projeto que está no ar no YouTube desde 2016.

Megalive do Prêmio Comunique-se 2021

Prêmio Comunique-se

Patrocinadores Ouro

Patrocinadores Ouro



Patrocinadores Prata

Patrocinadores Prata



Patrocinadores Bronze

Patrocinadores Prata