ESPECIAIS

CNN Brasil começa a montar time de comentaristas e repórteres

cnn brasil - canoplas - Lourival Sant’Anna - Renata Agostini - Marcela Rahal - comentaristas e repórteres
(Imagem: divulgação/CNN Brasil)

Futura emissora contará com analistas. Os dois primeiros contratados para a função foram anunciados nesta terça, 2

Lourival Sant’Anna ficará focado em assuntos internacionais. Renata Agostini terá a missão de falar sobre política

Além de dar início à equipe de comentaristas, a CNN Brasil investe em repórteres. Marcela Rahal é o primeiro nome

Depois de investir na formação de seu alto escalão de gestão e apresentadores, a CNN Brasil começa a estruturar outros núcleos necessários para a composição de seu time de colaboradores. Nesta terça-feira, 2, o projeto midiático anunciou mais contratações. Chegam à empresa três jornalistas. Dois irão atuar como comentaristas: Lourival Sant’Anna e Renata Agostini. Marcela Rahal é a primeira figura a compor o futuro grupo de repórteres do canal que deve entrar no ar na TV por assinatura em 2020.

Leia mais:

Renata Agostini - CNN Brasil - comentarista de política
Renata Agostini. Na CNN Brasil, jornalista trocará as reportagens por análises políticas. (Imagem: divulgação)

Os dois primeiros comentaristas da CNN Brasil vão mudar suas rotinas profissionais para se dedicarem à emissora hard news. Renata Agostini deixa a sucursal do Estadão no Distrito Federal, onde era repórter especial desde setembro de 2017. Ela muda de emprego, mas não de cidade. Para encarar o mais novo desafio profissional, a jornalista seguirá em Brasília, tendo o compromisso de ir à redação do canal que será instalada em breve. Para a função de analista política, contará com a bagagem adquirida em anos de cobertura dedicada aos bastidores do poder. Antes de O Estado de S. Paulo, passou pela Folha, Exame, GloboNews e Veja.

Lourival Sant'Anna - CNN Brasil - comentarista internacional
O que acontece pelo mundo? Caberá a Lourival Sant’Anna explicar na TV. (Imagem: divulgação)

Diferentemente de Renata Agostini, Lourival Sant’Anna deve seguir no Estadão. No jornal, vem atuando como colunista, com um novo texto publicado semanalmente (aos domingos). Por outro lado, o integrante da equipe de comentaristas que começa a se formar na CNN Brasil, o jornalista tende a deixar de exercer trabalho no meio radiofônico. Na CBN, marca mantida pelo Grupo Globo, ele vinha sendo responsável pelo ‘CBN Internacional’, quadro que surgia em duas oportunidades por semana. O boletim ia ao ar às quintas (9h02) e sábados (9h).

Os dois primeiros comentaristas da CNN Brasil estavam trabalhando no Estadão

Com mais de três décadas dedicadas ao jornalismo, sobretudo à editoria internacional, Lourival Sant’Anna afirma que, antes de colaborador, é um espectador do projeto CNN transmitido mundo afora. “Há 30 anos cobrindo internacional, fazendo reportagens em 70 países, assisti à CNN crescer e fazer história no jornalismo mundial. Cheguei até a trabalhar lá, há quase 20 anos. Vivemos no mesmo mundo: o do jornalismo isento, preciso, apegado aos fatos e à melhor análise possível, com os elementos que se podem conhecer, a cada momento. Estamos sempre aprendendo, aproveitando cada oportunidade para dar a informação mais precisa, com sobriedade e honestidade. Vai ser um grande prazer, e uma grande responsabilidade, trabalhar como comentarista internacional da CNN Brasil, um canal que já nasce grande no Brasil, e que, pelo seu próprio DNA, dará imensa importância às notícias mundiais. Afinal, o mundo não para!”, pontua o jornalista em seu perfil no Facebook.

Marcela Rahal - repórter da CNN Brasil
Marcela Rahal inaugura o time de repórteres do projeto CNN no país. (Imagem: divulgação)

Repórteres

Além de anunciar os dois primeiros comentaristas, o comando da CNN Brasil também abriu a temporada de contratações de repórteres. O primeiro nome para a função também foi confirmado nesta terça. A escolhida para debutar o núcleo da futura emissora foi Marcela Rahal. Ela, que ficará baseada na matriz do projeto em São Paulo, chega com experiência multimídia. Ultimamente, ela vinha tocando projeto da Jovem Pan exclusivo para o YouTube. Antes, além de ter sido repórter e apresentadora da própria JP no dial, chegou a ser contratada por veículos como BandNews FM, portal UOL e Record News. Entre outros fatos, cobriu a tragédia de Realengo, no Rio de Janeiro, e o incêndio da Boate Kiss, no Rio Grande do Sul.

Expectativas do chefe

Sócio-fundador e diretor-presidente da CNN Brasil, Douglas Tavolaro enaltece o trio que chega ao projeto. “Três novos talentos chegam para compor a equipe do canal. Renata Agostini, Lourival Sant’Anna como comentaristas e a Marcela Rahal para a reportagem. São experientes profissionais, reconhecidos por seus trabalhos”, comenta. “A partir de agora, [eles] fazem parte do time da CNN. Em breve novos nomes serão anunciados”, adianta o executivo, dando a entender que o investimento da marca em repórteres e comentaristas só está começando.

SOBRE O AUTOR

Redação Comunique-se

Redação Comunique-se

Equipe responsável pela produção de conteúdo do Portal Comunique-se. Atualmente, a redação é composta pelo editor Anderson Scardoelli e a repórter sênior Nathália Carvalho.

COMENTAR

COMENTAR

Prêmio Comunique-se