Portal Comunique-se

COVID-19: ferramenta digital faz monitoramento da saúde de colaboradores no isolamento e no retorno ao trabalho

Plataforma de monitoramento ativo faz parte de medidas de saúde para retomada do trabalho presencial. A ferramenta digital faz monitoramento da saúde de colaboradores e dependentes antes ou após o retorno ao trabalho presencial. É capaz de identificar sintomas relativos ao coronavírus (COVID-19), o que possibilita os gestores a adiantarem tomadas de decisão, reduzindo a chance de transmissão dentro da empresa.

Compartilhe
clipping-curadoria-2

Curitiba, PR 19/5/2020 – Identificamos sintomas inclusive em pessoas que possam transmitir a COVID-19 para o trabalhador

Programa Retoma traz ainda consultas por videochamadas, telemedicina ocupacional, psicoterapia online, serviços de medição de temperatura e testes rápidos de COVID-19.

Com a inclusão de novas atividades entre aquelas classificadas como essenciais, novos setores da economia estão autorizados a retomar ao trabalho presencial. Mas para voltar com segurança, são necessários cuidados para preservar a saúde dos colaboradores. As medidas vão além de reforçar os hábitos de higiene e de manter uma distância mínima.

Outras atitudes devem ser tomadas, de acordo com a atividade de cada empresa. Entre elas está o monitoramento ativo da saúde dos colaboradores e familiares. A boa notícia é que fazer esse monitoramento é simples e o investimento por colaborador é baixo.

“Prestamos esse serviço por uma plataforma que manda notificações ao usuário que responde a perguntas simples. Em caso de qualquer desvio de resposta, o sistema usa a inteligência artificial para gerar alertas à nossa equipe de saúde que entra em contato diretamente com o colaborador”, explica a diretora da Implus Care, Julyana Viera. A partir de então, é dada sequência ao protocolo de saúde e o colaborador é encaminhado ao atendimento mais adequado.

O Implus Monitor acompanha o colaborador e de até oito pessoas que morem no mesmo local ou que tenham contato direto como titular. “Desta forma, identificamos sintomas inclusive em pessoas que possam transmitir a COVID-19 para o trabalhador. Com isso, o amplia-se a possibilidade de detecção do vírus antes que ele chegue à empresa contratante”, comenta.

Com as informações atualizadas diariamente em mãos, o gestor pode tomar a melhor decisão. Manter o trabalhador em home office, encaminhá-lo a um atendimento presencial ou mesmo afastá-lo para um monitoramento mais específico.

Programa Retoma
O Implus Monitor é uma das ferramentas do Programa Retoma, que oferece uma assessoria completa em saúde para a retomada da atividade empresarial de forma segura.

Entre as medidas criadas para oferecer a segurança necessária no retorno estão:
• Assessoria técnica – orientações para a tomada de decisões com base na legislação local e nas recomendações da OMS;
• Monitoramento por plataforma de rastreio – monitoramento ativo dos colaboradores e até oito dependentes com uma plataforma de geolocalização, inteligência artificial e protocolos internacionais de atendimento;
• Telemedicina no aplicativo Implus app – consultas, orientações e encaminhamentos por videochamada, chat ou chamada de voz;
• Telemedicina ocupacional – atendimento ocupacional por videochamadas;
• Aferição de temperatura nos acessos de empresas;
• Testagem rápida e laboratorial;
• Psicoterapia online – sessões de terapia por videochamada com profissionais especializados por uma plataforma certificada.

“Todas essas ferramentas contam com o respaldo de uma equipe técnica multidisciplinar formada por médicos e outros profissionais de saúde e segurança do trabalho”, explica o médico Cezar Berger, CEO do Imtep. “Com elas, o empresário proporciona o retorno mais tranquilo e a segurança da operação”, conclui.

Website: https://materiais.grupoimplus.com.br/programa_retoma

Compartilhe
0
0

Anderson Scardoelli

Jornalista, 32 anos. Natural de São Caetano do Sul (SP) e criado em Sapopemba, distrito da zona lesta da capital paulista. Formado em jornalismo pela Universidade Nove de Julho (Uninove) e com especialização em jornalismo digital pela ESPM. Trabalhou de forma ininterrupta no Grupo Comunique-se durante 11 anos, período em que foi de estagiário de pesquisa a editor sênior. Em maio de 2020, deixou a empresa para ser repórter do site da Revista Oeste. Após dez meses fora, voltou ao Comunique-se como editor-chefe, cargo que ocupa atualmente.

Megalive do Prêmio Comunique-se 2021

Prêmio Comunique-se

Patrocinadores Ouro

Patrocinadores Ouro



Patrocinadores Prata

Patrocinadores Prata



Patrocinadores Bronze

Patrocinadores Prata