COMUNICAÇÃO

Demissão por causa do peso? Público se revolta contra afiliada da Globo

michelle sampaio - rede vanguarda - globo - boni - peso
Michelle Sampaio estava na Rede Vanguarda havia 15 anos (Imagem: arquivo pessoal)

Após a jornalista Michelle Sampaio garantir que foi demitida por – teoricamente – estar acima do peso, Rede Vanguarda é criticada nas redes sociais. Afiliada da Globo, emissora é controlada pela família de José Bonifácio de Oliveira Sobrinho, o Boni

“Nesses últimos dois anos, por estar acima do peso, fiquei um bom tempo trabalhando nos bastidores. Cheguei a emagrecer um pouco, voltar para a reportagem e apresentação do jornal, mas saí do ‘vídeo’ novamente porque nunca de fato voltei ao peso antes da gravidez, que foi o pedido da emissora”. Com essa postagem em seu perfil no Instagram, a jornalista Michelle Sampaio disparou: foi demitida da Rede Vanguarda no último sábado, 23, por não atender mais ao padrão estético — e velhaco — supostamente exigido pela empresa. Com a acusação da comunicadora, internautas criticaram a emissora, que é controlada pela família de José Bonifácio de Oliveira Sobrinho (Boni) e funciona como afiliada da Globo na região de São José dos Campos (SP).

A postura de Michelle Sampaio fez com que os perfis da Rede Vanguarda nas redes sociais fossem alvos de iras e críticas por parte de internautas e telespectadores. Os últimos posts feitos pela equipe de social do canal servissem de palco para o debate sobre padrões de peso para quem atua à frente das câmeras. Teve gente, inclusive, que ironizou: afirmando que só acompanhará a televisão após perder alguns quilos. No Instagram, o usuário identificado como José Carlos Silva Martins foi direto ao ponto. Ele questionou a relação do peso de alguém com a capacitação jornalística. “Não podemos ter uma mulher gorda nos passando notícias?”, perguntou. Até o fechamento desta reportagem, fim da tarde de segunda-feira, 25, a emissora não respondeu diretamente a ninguém.

Detalhe: com mais de 15 anos de Rede Vanguarda, Michelle Sampaio estava em funções de bastidores nos últimos tempos

Os comentários vindos das rede sociais atingiram até o núcleo de entretenimento do veículo de comunicação do Boni. Dias antes, o perfil da Rede Vanguarda divulgou foto em que a apresentadora e produtora Letícia Andrade, do ‘Madrugada Vanguarda’, aparece se preparando para uma pauta apetitosa. Ela posa ao lado de um chef e parece prestes a encarar uma coxinha tamanho gigante. O público observou que, se o salgado fosse ingerido, mais uma mulher poderia ser dispensada do canal. “Cuidado! Se você passar do peso, te demitem! Fica esperta!”, alertou Amanda Guadix. “Instigar a comer coxinha de 1kg é moleza, quero ver manter o emprego de quem engordar”, cutucou Isabela Lima. “Melhor não comer coxinha! Engorda e você pode ser demitida”, sugeriu Cintia Silva.

rede vanguarda - globo - michelle sampaio - peso - boni - redes sociais - michelle sampaio - peso - postagem da coxinha
Internautas não perdoam a Rede Vanguarda (Imagem: reprodução/Instagram)

Redes paralisadas

Pelas redes sociais, a Rede Vanguarda parece ter acusado o golpe. Em suas contas oficiais no Facebook e Instagram, não há novas postagens desde o dia 22 de março, véspera da mensagem divulgada publicamente pela jornalista Michelle Sampaio. “Aqui, preferiram o silêncio momentâneo, pensam que o assunto ‘vai passar’”, comentou um funcionário da emissora (e que pede para não ser identificado) em contato com a reportagem do Portal Comunique-se. Também em off, outro colaborador da casa critica o atual “padrão Boni de qualidade”. “Parece que ele parou no tempo. Estamos no terceiro milênio, onde pautas como ‘gordofobia’ e conquistas das mulheres ganham, com razão, cada vez mais destaque. E ignorar as redes sociais é erro clássico de quem pensa com mente analógica”, pontuou.

Diferentemente da acusação por parte de Michelle Sampaio, internautas e funcionários da própria emissora, a Rede Vanguarda rechaçou a possibilidade de a jornalista ter sido demitida por causa do peso. “A TV Globo e a TV Vanguarda informam que não é verdade que a razão para o fim do contrato mencionado seja a que foi publicada na reportagem ‘Apresentadora da Globo é demitida por ficar gorda depois de gravidez’, do site Notícias da TV. Tal conduta é incompatível com a política de respeito absoluto a seus profissionais adotada pela TV Globo e pela TV Vanguarda”, garantiram, em conjunto, as duas emissoras – em nota que foi enviada pela comunicação da TV Globo, cabeça de rede, a sites como o do influenciador digital Hugo Gloss.

Caso recorrente?

O sucinto posicionamento de Rede Vanguarda e Globo não acalmou os ânimos de internautas e até ex-funcionários da emissora mantida por Boni. Foi o caso de Camila Carvalho, que garantiu ter pedido demissão por acompanhar de perto problemas similares ao enfrentado por Michelle Sampaio. “Essa postura da emissora é lamentável. Por essas e outras (porque tem muitas outras) que eu pedi demissão. A falta de espaço não é só para quem está acima do peso. Como se o talento estivesse na balança”, afirmou Camila. Ela também fez questão de encher de elogios a profissional recém-demitida da emissora do Vale do Paraíba. “Estou muito triste porque você é uma das jornalistas mais lindas, carismáticas e competentes que eu conheço e admiro”.

O canal de Boni foi no último fim de semana alvo de acusação por parte de outra ex-apresentadora. O site Agora Vale repercutiu mensagem divulgada por Michelli Diniz. Ela foi contratada da Rede Vanguarda de 1999 a 2003, chegando ao posto de apresentadora. A jornalista destacou que, assim como sua colega em 2019, foi demitida por causa da briga com a balança. “O caso da jornalista Michelle Sampaio não é um fato isolado. Digo isto, porque vivi há 15 anos a mesma situação, na mesma emissora, com as mesmas pessoas. Não guardo rancor, tratei isso em terapias. Mas, não vou me calar diante da situação que se repete uma década e meia depois”, publicou a comunicadora, que enfatiza: só seguiria na emissora se conseguisse emagrecer em um mês. “Meu rendimento caiu, reconheço. Quem ficaria bem numa condição dessas?”, lamenta.

micheli diniz - rede vanguarda - peso - globo - boni - michelle sampaio
Micheli Dinz. Jornalista também acusa ter sido demitida por causa do peso (Imagem: arquivo pessoal)

O relato da jornalista

Confira, abaixo, a íntegra da postagem feita por Michelle Sampaio:

Me desculpem o textão, mas estou aqui pra dividir uma notícia com vocês. A partir de hoje não faço parte mais do quadro de jornalistas da Rede Vanguarda, afiliada da Rede Globo no Vale do Paraíba. Foram 16 anos de trabalho na TV, mas hoje encerro esse ciclo. A opção de desligamento foi da emissora.

Como muitos sabem e me acompanham, há 2 anos entrei numa briga com a balança depois de ter engordado muito na gravidez.

Foram 14 anos priorizando o trabalho, mas desde a chegada da minha filhinha, ela virou minha prioridade número um de vida, de tempo e de dedicação. Nesses últimos dois anos, por estar acima do peso, fiquei um bom tempo trabalhando nos bastidores, cheguei a emagrecer um pouco, voltar pra reportagem e apresentação do jornal, mas saí do “vídeo” novamente pq nunca de fato voltei ao peso antes da gravidez, que foi o pedido da emissora.

Respeito a posição da empresa e agradeço muito a oportunidade que me foi dada ao longo desses anos, obrigada! Quero agradecer imensamente meus colegas de trabalho, que são extraordinários, sensacionais!! Sem exagero!! Eles sempre me deram uma super força nesse período e eu sempre dizia “não se preocupem, eu estou bem, no momento mais feliz da minha vida”. Jamais vou esquecer, as gargalhadas, o aprendizado e os projetos juntos. Amo vocês, meu amigos, obrigada!

Quero agradecer muito muito o apoio de vocês ao longo da minha trajetória na Rede Vanguarda, muito obrigada !! Fico impressionada com o carinho de tanta gente nas ruas e nas redes sociais. Obrigada mesmo, de coração!

Agora com a minha saída, vou me dedicar à empresa de comunicação que sou sócia e à minha gatinha linda e família. A gente se encontra por aqui! Muito obrigada!! Beijão grande.

SOBRE O AUTOR

Anderson Scardoelli

Anderson Scardoelli

Jornalista, 29 anos. Formado pela Universidade Nove de Julho (Uninove) e pós-graduado em jornalismo digital pela ESPM. Há dez anos no Grupo Comunique-se, onde idealizou os projetos 'Correspondente Universitário' e 'Leitor-Articulista'. Na empresa, já atuou como freelancer (inserção de conteúdo), estagiário de pesquisa, estagiário de redação, trainee de redação, subeditor e editor-júnior. É, desde maio de 2016, o editor responsável pelo Portal Comunique-se e pelo conteúdo do Prêmio Comunique-se.

COMENTAR

COMENTAR

Prêmio Comunique-se