JORNALISMO

Demissões afetam TV Globo, SporTV e GloboEsporte.com

demissões - tv globo - sportv - globoesporte
Entre demitidos do Grupo Globo estão jornalistas do núcleo de esportes (Imagem: ShutterStock)

Veículos mantidos pelo Grupo Globo, GloboEsporte.com, SporTV e TV Globo sofreram com demissões de jornalistas. Empresa fala em “ajustes”

Mais de 20 profissionais foram dispensados de três veículos de comunicação mantidos pelo Grupo Globo. Conforme apurado pela reportagem do Portal Comunique-se, as demissões atingem as redações da TV Globo, do SporTV e do site GloboEsporte.com. Na lista, constam nomes de repórteres, apresentadores, produtores e colaboradores de outros departamentos.

Em quantidade, o SporTV é a marca mais afetada. Ao menos 15 funcionários deixam de atuar no “canal campeão”. Funcionária que está na emissora esportiva desde 2004, a apresentadora Vanessa Riche é uma das baixas. Comentarista reconhecido por ser um pesquisador do “futebol caipira”, Luiz Ademar é outro jornalista de saída da emissora, assim como a ex-nadadora Mariana Brochado.

As demissões relacionadas à cobertura esportiva não ficam apenas na emissora especializada. Ex-apresentadora do ‘Esporte Espetacular’ e atual repórter do segmento no Rio de Janeiro, Luciana Ávila encerra o período profissional de 19 anos com o Grupo Globo. Natural de Viçosa (AL), ela passou pela equipe da GloboNews (1998) antes de ser direcionada para o canal da televisão aberta.

demissões - tv globo - sportv - globoesporte - luiz ademar
Luiz Ademar, dedicado à cobertura do “futebol caipira”, deixa o SporTV (Imagem: arquivo pessoal/Facebook)

Os cortes também atingem um jornalista-executivo que, em duas passagens, soma relação de 30 anos com o Grupo Globo. César Seabra começou na companhia como freelancer do jornal carioca O Globo em 1985 – e permaneceu por lá até 1997, assumindo cargos de repórter, colunista e editor-adjunto. Integrante da turma que lançou o diário esportivo Lance, chegou à TV Globo em 1999 para dirigir a editoria ‘Rio’.

Em 2004, César Seabra assumiu responsabilidade internacional: ser chefe do escritório da GloboNews em Nova York. Deixou os Estados Unidos e a atividade de chefia na GloboNews para voltar ao Brasil – e à editoria de esportes – em 2011. Baseado na TV Globo, assumiu a diretoria de esportes da emissora e, em 2016, passou a assinar como diretor regional de esportes em São Paulo, com a missão de liderar “o projeto piloto de integração entre Globo, Sportv e GE.COM”, destaca o site Memória Globo.

Detalhe é que a integração das áreas de esportes de TV Globo, SporTV e GloboEsporte.Com está diretamente relacionada com as demissões e, consequentemente, o enxugamento do quadro de jornalistas dentro do Grupo Globo. Em nota enviada ao Portal Comunique-se – e a outros veículos -, a equipe de comunicação da empresa afirma que “desde outubro de 2016, quando a área de esportes passou a atuar em um novo modelo organizacional, trabalhamos intensamente para implementar uma estrutura funcional ainda mais dinâmica”.

demissões - tv globo - sportv - globoesporte - césar seabra
César Seabra: cargos de chefia na GloboNews e na TV Globo (Imagem: Fabrício Mota/TV Globo)

Questionado sobre a demissão de mais de 20 pessoas, o Grupo Globo fala, por meio de sua assessoria de imprensa, em “ajustes” para criar uma “visão sinérgica”. “O projeto como um todo não nasceu com o objetivo de cortar pessoas e sim de rever a forma de atuação das diferentes áreas que atendem ao Esporte, criando uma visão sinérgica. Os ajustes foram feitos em função de um desenho integrado ideal”, garante a empresa.

Demissões no esporte | Patrocínios fechados para transmissões… esportivas
As dispensas de jornalistas ligados à cobertura esportiva ocorrem um dia após a TV Globo usar o principal noticiário em audiência da televisão brasileira, o ‘Jornal Nacional’, para informar que fechou a cota de patrocínio de três eventos para o próximo ano: Copa do Mundo, Futebol 2018 (todos demais torneios da modalidade) e Fórmula 1. Para o veículo, conforme destacado anteriormente pelo Portal Comunique-se, os acertos “reafirmam o prestígio dos produtos Globo e demonstram confiança não só na qualidade e na eficácia da nossa programação, mas no Brasil”.

Até o momento, a reportagem do Portal Comunique-se apurou que os seguintes profissionais deixam os veículos do Grupo Globo [os nomes foram enviados à comunicação da empresa, que não se manifestou a respeito]:

“O projeto como um todo não nasceu com o objetivo de cortar pessoas e sim de rever a forma de atuação das diferentes áreas” (Grupo Globo)

TV Globo
Luciana Ávila
Claudio Schwab
César Seabra
Cláudio Moraes
Rosane Araujo
Carla Canteras

SporTV
Norton Marcon
Mariana Brochado
Pedro Motta
Alfredo Taunay
Vanessa Riche
Luiz Ademar
Chafi Haddad
Marcelo França
Rivelino Teixeira
Idival Marcusso
Bianca Junqueira
Renato Matte
Marcos Carvalho
Joyce Brune

GloboEsporte.com
Marcelo Guimarães
Alexandre Sattamini
Cida Calu
Alexandre Fernandes
Mariana Barros

***** ***** ***** ***** *****

Reportagem produzida por Anderson Scardoelli (editor) e Anderson Cheni (colunista).

SOBRE O AUTOR

Redação Comunique-se

Equipe responsável pela produção de conteúdo do Portal Comunique-se. Atualmente, a redação é composta pelo editor Anderson Scardoelli, a repórter Nathália Carvalho e a trainee Tácila Rubbo.

2 Comentários

COMENTAR

Notícias Corporativas

  • SUATV - TV Corporativa, Mural Digital e Digital Signage é SuaTV
  • RIWEB
  • Dino