COMUNICAÇÃO

Emissora afiliada da Globo fecha escritório por surto de Covid-19

Emissora afiliada da Globo fecha escritório por surto de Covid-19
Jornalistas da emissora trabalham à distância, apresentando notícias de suas casas. Imagem: Reprodução/ TV Tem

Nos últimos dias, seis funcionários da TV Tem testaram positivo para a doença

A TV Tem, emissora afiliada da TV Globo no interior de São Paulo, precisou fechar sua sede em Itapetininga. O motivo foi a necessidade de descontaminação do local após um surto de Covid-19 entre os funcionários. A informação foi divulgada pelo Sindicato dos Jornalistas de São Paulo (SJSP).

Leia mais:

A entidade aponta que foram registrados seis novos casos de funcionários da empresa com a doença nos últimos dias. Em dois meses, o número de resultados positivos para a Covid-19 registrados na equipe é de nove pessoas. Por ser o menor escritório da TV Tem, a medida adotada foi a de fechamento temporário da redação.

Além da base em Itapetininga, a TV Tem tem sinais gerados a partir de outras três cidades do interior de São Paulo: Sorocaba (sede da empresa), São José do Rio Preto e Bauru. Fora isso, conta com escritório em Jundiaí, Marília e Araçatuba.

O secretário do interior do Sindicato dos Jornalistas, José Eduardo, ressalta que enviou ofícios solicitando adoção de protocolos de segurança e saúde no início da pandemia, o qual não foi respondido pela emissora. O documento incluía, ainda, a sugestão de um comitê de combate à Covid, que incluiria o acompanhamento da entidade. “Infelizmente, a maioria das empresas sequer respondeu e a TV Tem foi uma delas. O resultado está aí, mais uma redação fechada para descontaminação”, disse o sindicalista.

A situação da emissora tem sido acompanhada pelo SJSP. Pedro Courbassier, diretor regional do sindicato, afirma que não há registro de casos muito graves até o momento. “Soubemos que os contaminados seguem sob cuidados médicos. O sinal da emissora não está indo ao ar e usam o sinal da TV Tem Sorocaba, cabeça de rede da afiliada”, aponta.

TV Tem confirma medida: segurança

Em nota encaminhada à redação do Portal Comunique-se, a direção da TV TEM confirma, por meio de nota oficial, que adotou a medida de fechar a redação da unidade de Itapetininga. Entre outros pontos, a emissora explica prezar pela saúde e segurança de seus colaboradores e que medidas de prevenção têm sido tomadas desde a chegada da pandemia da Covid-19 ao Brasil. O veículo de comunicação pontua, ainda, o fato de marcar presença em mais de 300 cidades do interior de São Paulo e que, diante do trabalho que vem sendo realizado, a expectativa é que o escritório itapetininguense reabra na próxima segunda-feira, 7 (mas sem o retorno imediato de seus colaboradores ao local).

Advertisement

Confira, abaixo, a íntegra da nota com o posicionamento oficial da TV TEM sobre o assunto:

Nota Oficial:

Interrupção da operação da TV TEM em Itapetininga (SP)

Desde o início da pandemia da Covid-19, a TV TEM, emissora afiliada à TV Globo com presença em 318 municípios do interior do Estado de São Paulo, vem adotando rígidos protocolos de segurança e higienização em suas áreas e equipamentos durante as gravações e transmissões realizadas. Ainda no sentido de priorizar a prevenção, muitos dos colaboradores estão trabalhando remotamente. Já para aqueles que necessitam se dirigir à emissora, foi feito escalonamento, dividindo os profissionais por núcleos (redação, produção e técnica) e turnos, restringindo a ocupação nas dependências e proporcionando as melhores condições para limpeza dos espaços.

Outras medidas implantadas pela TV TEM incluem aferição diária da temperatura de todos seus colaboradores, uso obrigatório de máscaras de proteção, distanciamento seguro entre os profissionais e disponibilização de itens como álcool em gel por toda emissora. Além disso, há orientação contínua aos membros da equipe para que, ao primeiro sinal de qualquer um dos sintomas relacionados à Covid-19, seja efetivado o afastamento imediato das atividades, com testagem dos profissionais e pessoas de seu contato, evitando a propagação da doença entre seus familiares e outros profissionais da empresa.

Em relação à sede de Itapetininga (SP), o protocolo de afastamento dos profissionais e interrupção das operações no local foi seguido imediatamente após a emissora tomar conhecimento de mais de um caso de contaminação pela Covid-19. Feito isso, a equipe passou por testagem e os membros estão mantidos em casa. Além disso, a sede da emissora também passou por um forte processo de sanitização. A unidade volta a operar normalmente nesta segunda-feira (7), e o retorno seguro dos colaboradores só será permitido com a apresentação de testes negativos.

A emissora continuará intensificando as ações de prevenção e segurança, dando total suporte a todos os seus profissionais.

_____________________

Conteúdo atualizado em 4/6/2021, às 20h16, para inserção do posicionamento da TV TEM.

Advertisement

SOBRE O AUTOR

Julia Renó

Jornalista, 23 anos. Natural de São José dos Campos (SP), onde vive atualmente, após temporadas em Campo Grande (MS). Formada pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (MS) e voluntária da ONG Fraternidade sem Fronteiras, integra o time de jornalistas do Grupo Comunique-se desde julho de 2020.

1 COMENTÁRIO

COMENTAR

  • Estou surpresa e lamento muito. Itapetininga é a cidade onde moro. Desejo pronto restabelecimento de todos.

Prêmio Comunique-se

2021

A segunda etapa de votação está aberta!