CARREIRA

Entidades internacionais oferecem bolsas para produção de reportagens

financiamento - bolsas - reportagens - entidades internacionais
(Imagem: reprodução)

São dois projetos com objetivos similares: oferecer bolsas de reportagens. Para uma das iniciativas, interessados poderão se inscrever até o fim de outubro

Duas organizações internacionais estão com inscrições abertas para bolsas de financiamento de reportagens colaborativas. Os valores oferecidos vão de mil euros a 5 mil dólares.

O Instituto Imprensa e Sociedade (IPYS, sigla em espanhol) abriu inscrições para duas bolsas de reportagens transnacionais colaborativas. Duplas ou grupos de jornalistas — formados por pessoas de diferentes países — interessados em concorrer ao financiamento de US$ 5 mil podem se inscrever até o fim desta segunda-feira, 30 de setembro.

Leia mais:

Serão selecionados quatro projetos finalistas e representantes dos grupos deverão apresentá-las para jurados durante a Conferência Latino-americana de Jornalismo Investigativo (COLPIN 2019), que será realizado de 7 a 10 de novembro na Cidade do México. As duas reportagens escolhidas serão anunciadas no evento junto com o vencedor do Prêmio Latino-americano de Jornalismo Investigativo.

A Host Writer, plataforma que busca facilitar o contato entre jornalistas de diferentes países, também oferece duas bolsas para projetos conjuntos no valor de mil euros. A inscrição pode ser feita até 31 de outubro.

Mais de um jornalista deve participar na execução da pauta proposta, que deve ser realizada com o uso da plataforma do Host Writer. Estudantes e jornalistas recém-formados podem inscrever suas ideias.

Serviço

Projeto 1
Bolsas para reportagens transacionais do IPYS
Inscrições até 30 de setembro
Enviar proposta (formato disponível aqui) para o email proyectos@ipys.org

Projeto 2
Pitch Prize – Host Writer
Inscrições até 31 de outubro
Inscrições disponíveis no site

***** ***** ***** ***** *****

Por Natália Silva.

SOBRE O AUTOR

Abraji

Abraji

Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo. Criada em 2002 por um grupo de jornalistas brasileiros interessados em trocar experiências, informações e dicas sobre reportagem, principalmente sobre reportagens investigativas. É mantida pelos próprios jornalistas e não tem fins lucrativos.

COMENTAR

COMENTAR

Prêmio Comunique-se