COMUNICAÇÃO

Figurino: um ponto de sucesso para projetos audiovisuais

figurinista - alice alves - figurino - imrpensa mahon
(Imagem: Imprensa Mahon)

Alice Alves ensina tudo sobre figurino e aponta oportunidades de negócios. Isso tem a ver com sucesso de projetos de conteúdos audiovisuais, adianta a profissional. Ela, que já colaborou com produções de Globo e History Channel, é a entrevistada da vez da Imprensa Mahon. Confira, no Portal Comunique-se, a conversa dela com Krishna Mahon

Alice Alves concedeu entrevista à Imprensa Mahon,  canal parceiro do Portal Comunique-se, e falou sobre como começar na carreira de figurinista. “O mais legal é você fazer uma carreira em figurino”, disse. “Figurino é um ofício, se aprende fazendo”, ponderou. Experiente figurinista, ela tem o currículo recheado de produções da Globo, como ‘O Clone’ e ‘A Casa das Sete Mulheres’. Também séries como ‘Gigantes do Brasil’, do History Channel, e longas como ‘O Redentor’.

“Está vendo que vai ter alguma produção, conhece alguém do meio? Vai lá e pede pra fazer estágio. A partir do estágio é que você vai galgando posições no mercado. É legal fazer estágio numa série, estágio num longa, porque aí você vai vendo as diferentes formas de trabalhar, e depois disso você já vai para 3º assistente, 2º assistente, 1º assistente. O que acontece hoje é que temos poucas boas assistentes de figurino”, constatou.

Para começar

Questionada por Krishna Mahon sobre qual dica poderia dar para quem estava começando como figurinista, Alice Alves enfatizou a parte de pesquisa. “Não tem como fazer trabalho de época sem pesquisa histórica profunda em livros, na internet ou em conversa com pessoas que entendam do assunto, e é importante ter conhecimento de história da moda, para rapidamente você saber em que época você está e os desafios e especificidades de cada uma delas”, ensinou.

Assista ao vídeo:

SOBRE O AUTOR

Krishna Mahon

Krishna Mahon

Graduada em jornalismo e cinema, com curso de extensão em ficção científica pela Universidade de Michigan (EUA) e bagagem considerável pelo meio televisivo - meio em que atua há mais de 20 anos. Já passou por Rede Minas, Discovery, Mixer Films. De 2010 a maio de 2018, fez parte da equipe da A&E Television, onde já foi produtora executiva e respondeu como diretora de conteúdo original dos quatro canais da empresa: History, A&E, Lifetime e H2. Agora, traz para o Portal Comunique-se a "Imprensa Mahon", projeto que está no ar no YouTube desde 2016.

COMENTAR

COMENTAR

Prêmio Comunique-se