Portal Comunique-se

Jornalista social media: 6 formas de atuar na área

Jornalista social media 6 formas de atuar na área
Imagem: iStock

Especialista em em marketing digital, Almir Rizzatto dá dicas para quem deseja seguir nesta área profissional

Compartilhe

Você quer trabalhar como jornalista social media e acha que sua única possibilidade de atuação nesta área é fazendo a gestão de redes sociais? Acredite: vai muito além disso. Neste artigo, apresento seis diferentes possibilidades. Confira abaixo:

Leia mais:

  1. Gestão de redes sociais: essa é uma parte essencial, mas que vai além da produção de conteúdo. Envolve, além da elaboração de textos, artes e vídeos, o monitoramento da marca, a criação de anúncios, a emissão de relatórios e a análise de dados.

    Quando você adquire conhecimentos e se torna um jornalista social media, pode trabalhar realizando a gestão do seu próprio negócio, ser contratado por uma empresa ou agência ou até mesmo prestar este tipo de serviço para clientes.
  2. Consultoria: caso você já tenha prestado serviços de social media e gerado resultados expressivos (como aumento de performance de vendas ou aumento de engajamento), pode se colocar no mercado como um especialista e oferecer o serviço de consultoria.

    Neste exercício, você se envolve de uma forma mais íntima com o cliente. Entre as ações, realiza um estudo, mapeia as principais necessidades e problemas, identifica oportunidades e elabora soluções para a empresa.

    É através desse diagnóstico que o cliente poderá contratar uma agência ou o próprio profissional que realizou a consultoria para, posteriormente, executar a prestação de serviços de redes sociais.
  3. Mentoria: é quando você se especializa em redes sociais e adquire ampla experiência para compartilhar conhecimento. Como mentor, você deverá ouvir quais são as dores do cliente e dar as orientações para os melhores caminhos. E, com sua experiência, isso acontecerá com naturalidade.

    Quando o cliente contrata um mentor, ele economiza tempo, energia e até dinheiro, pois tende a tomar as decisões corretas de forma mais rápida e assertiva.
  4. Palestras: muitas empresas procuram profissionais para capacitar seus colaboradores ou realizar eventos e congressos. A área digital, por exemplo, oferece diversas oportunidades aos profissionais que atuam como palestrantes.

    A qualificação começa a abrir portas para você e, dependendo do seu nível de experiência, a atuação como palestrante pode oferecer remunerações muito interessantes.
  5. Montar seu próprio curso: você pode utilizar seu conhecimento e experiência para criar seu treinamento. Pode vendê-lo em seus próprios canais ou através de terceiros.

    Os cursos online ganharam muita força e adesão nos últimos anos. Uma grande vantagem é a possibilidade de vender para qualquer pessoa, em qualquer lugar do mundo, 24 horas por dia.
  6. Ser professor: além de ministrar aulas através do seu próprio negócio, você também pode ser convidado para ser instrutor em uma faculdade, uma escola digital ou uma escola de cursos livres.

    Muitos alunos da Escola Digitalista tornaram-se professores após concluírem suas especializações. Por via de regra, quanto mais conhecimento você tem, mais portas se abrem.

Viu como a especialização como jornalista social media permite que você vá muito além da atuação como gestor de mídias? Você está pronto para todas essas possibilidades?

Compartilhe
0
0

Almir Rizzatto

Jornalista, especialista em marketing digital, consultor, instrutor de cursos e fundador da Escola Digitalista e da agência RZT Comunicação.

Megalive do Prêmio Comunique-se 2021

Prêmio Comunique-se

Patrocinadores Ouro

Patrocinadores Ouro



Patrocinadores Prata

Patrocinadores Prata



Patrocinadores Bronze

Patrocinadores Prata