Portal Comunique-se

Jornalistas comemoram queda de Ernesto Araújo

Chanceler pediu demissão após se tornar alvo de críticas de senadores

Mais um ministro deixa o governo do presidente Jair Bolsonaro. No início da tarde desta segunda-feira, 29, o pedido de demissão de Ernesto Araújo foi confirmado. Ele estava à frente do Ministério das Relações Exteriores desde janeiro de 2019. Mais do que informar a movimentação no poder, ao menos dez jornalistas vibraram publicamente com a queda do chanceler.

Leia mais:

A saída do ministro ocorre após críticas vindas do Senado Federal. Ao decorrer da última semana, Araújo foi alvo de análise do presidente da Casa, Rodrigo Pacheco (DEM-MG). Para o parlamentar, o trabalho voltado às relações exteriores estava “aquém” do que o Brasil poderia desenvolver. No fim de semana, o ainda titular do Itamaraty foi ao Twitter para supostamente revelar o teor da conversa que teria tido com a senadora Kátia Abreu (PP-TO) no início do mês.

De acordo com Ernesto Araújo, Kátia havia lhe pedido um gesto em relação à implementação da tecnologia 5G no Brasil. Diante de tal situação, a senadora reforçou as críticas contra o chanceler — e não confirmou a discussão do assunto relatado pelo diplomata.

Comemorações

Também foi pelo Twitter que profissionais da imprensa comemoraram a saída de Ernesto Araújo do governo federal. Até jornalistas que não cobrem política no dia a dia de trabalho, casos de André Henning e Rosana Hermann, posicionaram-se favoravelmente à mudança do comando do Itamaraty.

Confira, abaixo, algumas postagens de jornalistas contra o agora ex-chanceler brasileiro:

  • Diego Amorim, repórter de O Antagonista

  • George Marques, repórter da Mídia Ninja

  • Ariel Palacios, correspondente da GloboNews em Buenos Aires

  • André Henning, locutor esportivo do TNT Sports

https://twitter.com/AndreHenning/status/1376558086542999556

  • Rosana Hermann, escritora e roteirista

  • Rita Lisauskas, analista política da CNN Brasil

  • Leandro Demori, editor-executivo do site The Intercept Brasil

  • Felipe Moura Brasil, apresentador da BandNews FM

  • Rubens Valente, colunista do UOL

  • Pedro Zambarda, repórter do Diário do Centro do Mundo

Imprensa X Ernesto Araújo

As vibrações de jornalistas sobre a mudança no Itamaraty reforça a má relação que Ernesto Araújo manteve com determinados veículos de comunicação no decorrer dos últimos anos. Há um ano, em meio a ações iniciais de combate à pandemia de Covid-19, o Grupo Bandeirantes de Comunicação não poupou termos para classificar o então chanceler. Segundo editorial lido pelo âncora Eduardo Oinegue em edição do ‘Jornal da Band’, Araújo seria “idiota”, “inepto” e “incapaz”.

Compartilhe
0
0

Anderson Scardoelli

Jornalista, 32 anos. Natural de São Caetano do Sul (SP) e criado em Sapopemba, distrito da zona lesta da capital paulista. Formado em jornalismo pela Universidade Nove de Julho (Uninove) e com especialização em jornalismo digital pela ESPM. Trabalhou de forma ininterrupta no Grupo Comunique-se durante 11 anos, período em que foi de estagiário de pesquisa a editor sênior. Em maio de 2020, deixou a empresa para ser repórter do site da Revista Oeste. Após dez meses fora, voltou ao Comunique-se como editor-chefe, cargo que ocupa atualmente.

Megalive do Prêmio Comunique-se 2021

Prêmio Comunique-se

Patrocinadores Ouro

Patrocinadores Ouro



Patrocinadores Prata

Patrocinadores Prata



Patrocinadores Bronze

Patrocinadores Prata