COMUNICAÇÃO

Morre radialista José Paulo de Andrade, aos 78 anos, vítima de Covid-19

José Paulo de Andrade
(Foto: Reprodução/Band)

Apresentador de “O Pulo do Gato” e ícone do rádio em São Paulo estava internado há 10 dias no Hospital Albert Einstein

O jornalista José Paulo de Andrade morreu na manhã desta sexta-feira (17), aos 78 anos. O radialista estava internado por complicações decorrentes da Covid-19 desde o dia 7 de julho, no Hospital Albert Einstein, em São Paulo. As informações foram divulgadas no Jornal BandNews e pelo Twitter da Rádio Bandeirantes, emissora na qual Zé Paulo — como era carinhosamente conhecido — apresentou programas de destaque no jornalismo por 57 anos.

Em homenagem ao ícone da voz, a Rádio Bandeirantes anunciou no programa Jornal BandNews que a programação desta sexta-feira (17) será dedicada ao apresentador que colecionava uma longa carreira à frente dos microfones da emissora e 60 anos de história no rádio. “Todo mundo aqui na Bandeirantes tem um pouco de José Paulo dentro de si”, declarou ao vivo, a apresentadora Sheila Magalhães.

No Twitter, anúncio da morte do radialista comove seguidores e ouvintes da Rádio BandNews

Zé Paulo iniciou sua carreira em 1960, na Rádio América de São Paulo, como radioescuta do plantão esportivo. Ao mudar para a Rádio Bandeirantes, em 1963, continuou no jornalismo esportivo, mas logo se dedicou também ao jornalismo geral. Entre os programas apresentados, vale ressaltar o sucesso de “O Pulo do Gato”, transmitido durante 40 anos.

Leia mais:

“Fomos ousados”, lembra jornalista sobre videoconferência em 2006
Patrícia Campos Mello recebe prêmio Maria Moors Cabot

Em nota, o Grupo Bandeirantes de Comunicação lamentou o acontecimento e homenageou o radialista.“Com uma voz firme, amplo conhecimento político-econômico, são-paulino fanático e um dos maiores formadores de opinião do Brasil, José Paulo tinha um coração gigante e um caráter ímpar”.