OPINIÃO

Os estranhos plurais de “biodíesel” – por Edson de Oliveira

biodíesel - artigo de Edson de Oliveira
(Imagem: reprodução)

“Se o plural de ‘fóssil’ é ‘fósseis’, seria correto dizer que o plural de ‘hostil’ é ‘hosteis’?”. Plurais pautam mais um artigo do revisor de textos Edson de Oliveira para o Portal Comunique-se

Este texto é uma resposta à seguinte dúvida de meu velho amigo Ilton Dantas, que já era meu consulente quando eu, Edson de Oliveira, nem sonhava em ganhar a vida como revisor: “Se o plural de ‘fóssil’ é ‘fósseis’, seria correto dizer que o plural de ‘hostil’ é ‘hosteis’?”.

Leia mais – Edson de Oliveira:

Não seria, não, porque, de acordo com a bíblia de nossa ortografia, o “Vocabulário Ortográfico da Língua Portuguesa”, o plural das palavras terminadas em “il” depende da posição da sílaba tônica delas. Se ela for a penúltima, como acontece com as paroxítonas (acho que não preciso lembrar Ilton desta lição que ele deve ter aprendido na escola) “ágil”, “difícil”, “dócil”, “estêncil”, “fácil”, “pênsil”, “réptil”, “sutil”, o plural é com “eis” (“ágeis”, “difíceis”, “dóceis”, “estênceis”, “fáceis”, “pênseis”, “répteis”, “súteis”) e, se for a última, como acontece com as oxítonas “Brasil”, “cantil”, “gentil”, “hostil”, “infantil”, “perfil”, “sutil”, o plural é com “is” (“Brasis”, “cantis”, “gentis”, “hostis”, “infantis”, “perfis”, “sutis”).

“Adianto que, comparando com ‘nível’, paroxítona de cujo plural acho que ninguém tem dúvida, vejo que é mais coerente…”. (Edson de Oliveira)

Antes que meu amigo me pergunte qual é o plural de “biodíesel” (assim mesmo, como não está no “VOLP”, porque, para continuarem a deixar o livro de consulta da Academia Brasileira de Letras mais incompleto e desatualizado do que ele sempre foi, os operários que fizeram e desfizeram a última reforma em nossa língua mantiveram a palavra “diesel”, que deriva do nome do engenheiro alemão Rudolf Diesel, em sua forma original, inglesa, no composto “biodiesel”, mas aportuguesaram-na em “dísel-elétrico” e “dísel-hidráulico”), adianto que, comparando com “nível”, paroxítona de cujo plural acho que ninguém tem dúvida, vejo que é mais coerente “biodíeseis” do que, como registra uma página virtual que consultei, os estranhos plurais “biodieseis”, “biodieseles” e “biodieséis”.

SOBRE O AUTOR

avatar

Edson de Oliveira

Revisor há mais de 20 anos, corrigindo principalmente legendas de vídeo, transcrição de áudio, textos jornalísticos e acadêmicos, é editor dos blogues “EFMérides” e “Blogue da Revisão”.

COMENTAR

COMENTAR