ESPECIAIS

PayPal lança índice mensal do e-commerce no Brasil

indice geral do e-commerce brasileiro - paypal brasil - bigdata corp - capa
(Imagem: reprodução)

Ao lado da BigData Corp., empresa de pagamento online cria índice do setor de e-commerce no país. Objetivo do PayPal é acompanhar a evolução do comércio eletrônico Brasil afora

O mercado brasileiro de e-commerce passa a contar com índice mensal. Desenvolvida pela BigData Corp. sob encomenda do PayPal, a novidade foi apresentada em almoço nesta quinta-feira, 13, em São Paulo. Realizado no L’Hotel Porto Bay, o encontro contou com presença da imprensa e serviu para evidenciar o intuito da novidade: acompanhar periodicamente a evolução do comércio eletrônico nacional.

Ao apresentar o recurso chamado de “Índice Geral do E-Commerce Brasileiro”, executivos de PayPal e BigData Corp. falaram das métricas e dos números atuais do setor. Um dos destaques pontuados foi o montante de sites que são estudados pelo serviço. De acordo com as informações divulgadas pelos idealizadores, mais de 700 mil páginas do país têm (e terão) seus dados analisados frequentemente.

mailing-imprensa-cse
(Anúncio)

Apesar de o índice ter sido apresentado na reta final deste ano, o serviço já reúne números desde janeiro de 2017. Com o gráfico divulgado é possível perceber que do começo da análise até outubro de 2018, o segmento saltou da casa dos 300 pontos para 702,77. O nível atual é considerado bom e com tendência de alta. A escala vai de zero a mil, considerando que quanto maior o número, melhor.

indice geral do e-commerce brasileiro - paypal brasil - bigdata corp - grafico
(Imagem: divulgação/PayPal)

Elementos do índice

Para calcular o “Índice Geral do E-Commerce Brasileiro” mês a mês, PayPal Brasil e BigData Corp. organizam as análises dos sites em quatro itens: tamanho, crescimento, segurança e conveniência. O “tamanho” mensura a grandeza do mercado de e-commerce em relação à economia do país como um todo. “Crescimento” se refere à intensidade de ampliação (ou retração) do segmento. O pilar “segurança” estuda os riscos apresentados aos usuários das lojas virtuais. “Conveniência”, por sua vez, foca em capturar as vantagens da compra online em relação ao varejo tradicional — nessa parte, ter opções de pagamento auxiliam a ranquear bem.

indice geral do e-commerce brasileiro - paypal brasil - bigdata corp - pilares - atual
(Imagem: divulgação/PayPal)

Auxílio à imprensa

Fora a oportunidade de acompanhar os dados da área de e-commerce e ter insights em torno de sua operação no Brasil, a equipe do PayPal informa que o índice surge com intuito de compartilhar “informações com a mídia e o público em geral”, uma vez que os dados serão divulgados de forma pública. “[São] informações relevantes e que ajudam na análise de um segmento que vem crescendo ininterruptamente”, pontua o PayPal, conforme registrado em comunicado oficial.

Balanço do PayPal em 2018

Além de lançar o “Índice Geral do E-Commerce Brasileiro” e fazer questão de demonstrar interesse em ajudar o trabalho da imprensa que cobre o setor, o evento desta quinta-feira serviu para o PayPal reforçar: o ano de 2018 foi positivo para a empresa. Em setembro, a barreira de 250 milhões de usuários ativos pelo mundo foi ultrapassada. Grandes parcerias, como a com o Itaú Unibanco, foram iniciadas. Aquisições foram feitas e o prêmio Época/Reclame Aqui de “pagamentos online” foi mais uma vez conquistado. Por fim, em novembro, a diretora-geral da empresa no Brasil, Paula Paschoal foi a única executiva latina a figurar na lista das “Rising Talents do Women’s Forum”.

SOBRE O AUTOR

Anderson Scardoelli

Anderson Scardoelli

Orelhudo, observador e contador de histórias. Não necessariamente nessa ordem. De sua querida Estância Turística de Sapopemba, na zona leste de São Paulo, para o mundo. Graduado em jornalismo pela Uninove e com especialização em jornalismo digital pela ESPM, mas gosta mesmo de dizer que foi formado pelo Comunique-se. Trabalha na empresa há mais de 10 anos, indo de estagiário de pesquisa a editor sênior. No meio do caminho, foi estagiário de redação, trainee, subeditor, editor júnior e editor pleno. Gosta de escrever e de falar sobre (adivinhem?) jornalismo!

COMENTAR

COMENTAR

Prêmio Comunique-se