OPINIÃO

Redes sociais e marketing digital ganham mais espaço na mídia

Redes sociais ganha mais espaço na comunicação brasileira
Imagem: Pixabay

Em seu artigo para o Comunique-se, Camila Albertonni comenta a transformação online no mercado brasileiro de comunicação

Uma pesquisa divulgada recentemente mostrou que a popularidade das redes sociais entre os brasileiros só aumentou. Atualmente, o Brasil é o segundo país do mundo que mais gasta tempo em plataformas como o Instagram e o Facebook. Isso faz com que o alcance das informações que aparecem por lá sejam ainda maiores, abrindo espaço para o marketing digital e outras formas de comunicação pela internet.

Leia mais:

A pesquisa realizada pela Comscore considera o consumo das redes sociais durante 2020, um ano que foi marcado pela crise mundial na saúde. Os brasileiros passaram, em média mensal, quase 48 horas nessas plataformas. Apenas o México possui números superiores, o que deixa o Brasil na segunda posição no consumo. As redes sociais costumam trazer debates interessantes, principalmente sobre a regulamentação dos conteúdos que são compartilhados por lá.

Essa mesma pesquisa ainda aponta para dados ainda mais interessantes, e que mostram a força da internet na área da comunicação. Durante o ano passado, perfis voltados para o marketing digital, que engloba marcas, influenciadores e publishers, conseguiram mais de 24 bilhões de interações no Facebook, no Instagram e no Twitter. Isso significa um crescimento de 25% em comparação com 2019. Um avanço significativo e que mudou a forma de se comunicar pela internet.

O marketing digital ganhou espaço entre as empresas, e ter um perfil em rede social virou uma obrigação. Para conseguir um grande diferencial, é preciso produzir conteúdos autênticos e não apenas fazer o básico na internet. Algumas empresas, como a Magazine Luiza e a Lojas Americanas, aprenderam isso e se transformaram em referências. As duas marcas produzem conteúdos com diversos influenciadores, e contam com milhares de seguidores nas mídias digitais.

Impacto dos influenciadores de redes sociais

Outro fator importante apontado nos números é o destaque crescente dos influenciadores na internet. Esses formadores de opinião, que muitas vezes também direcionam conteúdos para publicidade, tiveram uma participação em 72% das postagens feitas no Instagram. Isso significa que uma boa parte dos conteúdos mais disseminados foram feitos pelos influenciadores, e não por marcas ou empresas.

Se olharmos para o engajamento das pessoas com esses influenciadores, o aumento foi considerável nos últimos meses. Esses perfis conseguiram um crescimento de 31% em relação a 2019. Os conteúdos com dicas de estilo de vida, comédia e empreendedorismo foram os que mais cresceram no Brasil. Todos conseguiram um aumento acima dos 75%, com alguns passando da barreira dos 100%. É uma nova forma de comunicação ganhando cada vez mais espaço.

Advertisement

Não podemos deixar de fora as redes sociais de vídeo, que estão ajudando ainda mais no alcance dos influenciadores. Plataformas como TikTok, por exemplo, conseguiram somar mais de 49 bilhões de visualizações. Isso se traduz em um crescimento de 35% se olharmos para os números de 2019. Os brasileiros que foram entrevistados para a pesquisa da Comscore afirmaram que utilizam o aplicativo em vários momentos do dia, o que se traduz em muito engajamento e alcance. A expectativa para o futuro é que o conteúdo em formato de vídeo continue a ganhar cada vez mais espaço com os influenciadores digitais.

Entretenimento digital

Essa popularização dos conteúdos online não é nada exclusivo da comunicação. O entretenimento digital, por exemplo, só vem ganhando espaço mês após mês. Um dos grandes motivos é a diversidade e a interação que esses conteúdos conseguem oferecer ao usuário. É o caso dos sites mais populares de cassino online, como o National Casino e o Casoo, que oferecem rodadas grátis e diferentes bônus para os novos usuários cadastrados na plataforma. É uma forma desses sites incentivarem as pessoas a jogarem os jogos de aposta online, e descobrirem como pode ser divertido apostar no pôquer online ou em uma máquina caça-níquel temática.

Os sites de compartilhamento de vídeo seguem um caminho semelhante, principalmente com a tecnologia de livestreaming. As plataformas mais usadas, o YouTube e a TwitchTV, estão ganhando muito espaço com os fãs de jogos eletrônicos. As pessoas gostam de ver outras pessoas testando lançamentos, ou apenas falando de produtos e peças específicas. É um conteúdo que antes só estava disponível na TV, e hoje pode ser acessado por qualquer pessoa que tenha uma conexão com a internet.

O mundo online está transformando todos os setores possíveis, e 2020 ficou marcado pela mudança na área da comunicação. Isso significa que diferentes profissões, que vão desde o jornalista até o publicitário, precisarão se adaptar e se conectar. Afinal, o alcance das redes sociais e dos conteúdos digitais é algo crescente. Fazer com que essas informações cheguem na melhor qualidade possível é a tarefa mais difícil, porém é o aspecto mais importante de toda essa digitalização da comunicação.

*Camila Albertonni é redatora da Vejapixel

Advertisement

SOBRE O AUTOR

Leitor-Articulista

Espaço aberto para a veiculação de artigos produzidos pelos usuários do Portal Comunique-se. Para ter seu conteúdo avaliado pela redação, com possibilidade de ser publicado na seção 'Opinião', envie e-mail para jornalismo@comunique-se.com.br, com “Leitor-articulista” no assunto.

COMENTAR

COMENTAR

Prêmio Comunique-se

2021

A segunda etapa de votação está aberta!