COMUNICAÇÃO Marketing

Para reestruturar a área de comunicação corporativa, precisa ser ágil. Veja o caso da Air Liquide.

A área de comunicação — e de humanas, em geral — tem uma natureza complexa. Dificilmente, fórmulas se aplicam a ela e os rápidos avanços tecnológicos têm colocado em xeque, ainda mais, a importância de se organizar em meio a esse ambiente em constante transformação.

A questão é: como fazer isso sem perder os prazos e oportunidades de trabalho, e ainda de maneira organizada?

Para Roger Spalding, que gerencia o time de marketing no Brasi.l e na América Latina da multinacional Air Liquide, o ponto inicial consiste em usar sua experiência para identificar melhorias sem, antes, pesquisar, testar, provar teorias e experimentar gradualmente.

Trata-se de um setor dinâmico. Por isso, seus profissionais têm de aprender a “trocar o pneu com o carro andando”, como ele próprio define. É aplicar as mudanças e oportunidades identificadas de maneira gradual. “Precisa ser ágil, se adaptar constantemente e ler sinais que a organização dá, e também o que está intrínseco na cultura da empresa. E aí fazer mudanças gradativamente”.

A transformação personalizada, então, é um caminho que pode ser eficiente quando associado a um conceito de “mentalidade ágil”. É importante testar as mudanças na prática, senti-las já inseridas na rotina e não com um extenso e demorado planejamento que vai ser obsoleto, quando aplicado, ou não vai render o esperado e todo o tempo investido ficou para trás.

Na comunicação, a mentalidade ágil convive com o dinamismo da área de comunicação. Tudo acontece a todo momento, ininterruptamente, e isso deve ser feito na busca por gargalos e também por oportunidades para serem aplicadas gradualmente, em um constante trabalho de experiências e aprendizados.

Este foi o tema da edição #258 do Podcast-se, em que Roger Spalding contou detalhadamente como fez a reestruturação da área de comunicação da Air Liquide. Você ouve o episódio completo do podcast abaixo.

O Podcast-se é o podcast oficial do Grupo Comunique-se. Está no ar há mais de três anos e já tem quase 300 episódios no ar. Figura entre os top-10 podcasts de Marketing do Brasil segundo o ranking de audiência do Chartable. Está disponível nas principais plataformas, como SpotifyApple PodcastsGoogle Podcasts e outras.

SOBRE O AUTOR

Cassio Politi

Cassio Politi já foi editor e diretor de conteúdo do Comunique-se, além de ombudsman do Portal. Atualmente, dirige os cursos do C-se e é o responsável pelo Podcast-se, que figura entre os top-10 podcasts de marketing do País de acordo com o Chartable. Escreveu o primeiro livro em português sobre content marketing. Em 2015, foi eleito pela Digitalks o profissional do ano em content marketing no Brasil. É, desde 2014, o único brasileiro a compor o seleto júri do Content Marketing Awards, o principal prêmio do mundo na categoria. Por sua empresa, a Tracto, presta consultoria ou produz conteúdo para empresas de variados portes no Brasil e na América Latina, incluindo multinacionais. Apresentou alguns de seus cases em eventos nos Estados Unidos. Está no Hall da Fama do Content Marketing World, em Cleveland, do qual participa anualmente desde 2012.