COMUNICAÇÃO

Como o time de comunicação do PayPal cria relacionamento para os seus gestores

“Para ganhar confiança, poder e dinheiro não são suficientes. Você tem de ganhar a confiança dos outros, e isso não se compra no supermercado”. A frase é do atual Dalai Lama. São palavras que reforçam a importância das relações humanas, e em todas as esferas: estejamos falando com desconhecidos, amigos, clientes ou colaboradores dentro da empresa.

Interessante exemplo no mercado pode ser encontrado no esforço estratégico de Mayra Martins, dentro do PayPal, que mostra que, sim, é possível o RP fazer RP para gestores.

Abandonar os métodos, técnicas e tecnologias convencionais pode ter sido um salto de inovação para o PayPal. A empresa tem adotado uma ação de relações públicas internamente que consiste na busca pela participação ativa nas conexões estabelecidas com gestores.

No geral, os profissionais da empresa fazem um trabalho de conectar a gestão do PayPal com pessoas cujos valores estejam alinhados com aquilo em que PayPal acredita, apresentando os executivos a essas pessoas.

“Entendemos que temos que estar cercados de pessoas com a mesma sinergia e que compartilhe o mesmo pensamento. E isso não está restrito à área comercial. Toda a construção de imagem do PayPal é bastante sólida. Tudo é muito alinhado internamente, e isso envolve um trabalho de sugestões interessantes para os executivos conhecerem. Existe o cuidado de ajudar a apoiar um relacionamento dos executivos com outros além da imprensa”. Algo que, nas palavras da própria Mayra, se traduz em “trabalhar a confiança”.

Resultados não são palpáveis e, às vezes, nem mensuráveis

Por outro lado, essa construção de confiança compõe resultados que podem ser invisíveis em boa parte dos casos. Confiança, construção de imagem e outros aspectos são benefícios que não percebemos de imediato, mas que contribuem para o desenvolvimento pessoal e profissional.

No caso do PayPal, então, você não precisa de algo palpável no final de um encontro entre pessoas conectadas por meio do setor de comunicação da empresa. Mas é interessante que a construção seja construída e fortalecida. Um artigo da Forbes sustenta que esse elo acontece efetivamente a partir de seis elementos:

  • Confiabilidade;
  • Transparência;
  • Sinceridade;
  • Competência;
  • Equidade (senso de justiça);
  • Abertura (disposição para o diálogo).

São trabalhos que não envolvem verba, mas geram oportunidade, informação e que são sustentados por um time de líderes competentes e engajados com os valores da empresa onde trabalham. Aí, fica fácil conectar os dois pontos a serem ligados, no estratégico trabalho de relações públicas aplicado internamente.

Ouça este post

A conversa com Mayra Martins foi tema da 253ª edição do Podcast-se, que foi ao ar em setembro — e que você ouve abaixo.

O Podcast-se é o podcast oficial do Grupo Comunique-se. Está no ar há mais de três anos e já tem mais de 250 episódios no ar. Figura entre os top-10 podcasts de Marketing do Brasil segundo o ranking de audiência do Chartable. Está disponível nas principais plataformas, como SpotifyApple PodcastsGoogle Podcasts e outras.

SOBRE O AUTOR

Cassio Politi

Cassio Politi já foi editor e diretor de conteúdo do Comunique-se, além de ombudsman do Portal. Atualmente, dirige os cursos do C-se e é o responsável pelo Podcast-se, que figura entre os top-10 podcasts de marketing do País de acordo com o Chartable. Escreveu o primeiro livro em português sobre content marketing. Em 2015, foi eleito pela Digitalks o profissional do ano em content marketing no Brasil. É, desde 2014, o único brasileiro a compor o seleto júri do Content Marketing Awards, o principal prêmio do mundo na categoria. Por sua empresa, a Tracto, presta consultoria ou produz conteúdo para empresas de variados portes no Brasil e na América Latina, incluindo multinacionais. Apresentou alguns de seus cases em eventos nos Estados Unidos. Está no Hall da Fama do Content Marketing World, em Cleveland, do qual participa anualmente desde 2012.