Portal Comunique-se

Iniciativas oferecem bolsas e prêmios a reportagens

As oportunidades são oferecidas pelo Grupo Boticário e pela Associação dos Juízes do Rio Grande do Sul

Jornalistas de todo o país têm uma nova oportunidade de ganhar bolsas e prêmios por suas reportagens. Pela Fundação Grupo Boticário de Proteção à Natureza, os incentivos são destinados a projetos de jornalismo ambiental. Já na Associação dos Juízes do Rio Grande do Sul, produções das categorias Fotografia e Jornalismo receberão prêmio em dinheiro.

O ‘Edital Conexão Oceano de Comunicação Ambiental’, promovido pelo Grupo Boticário, em parceria com a Comissão Oceanográfica Intergovernamental (COI) da UNESCO, selecionará cinco projetos de reportagens para receber até R$8 mil cada. De acordo com texto de divulgação à imprensa, o tema desta edição é ‘legislação e políticas públicas costeiro-marinhas’.

A iniciativa tem como objetivo incentivar a produção de conteúdos jornalísticos a respeito do tema, dando visibilidade às questões relacionadas ao meio ambiente costeiro e marinho. Ela está relacionada à chamada “Década do Oceano”, referente ao período de 2021 a 2030, segundo declaração da Organização das Nações Unidas (ONU).

No edital, são aceitos conteúdos veiculados em meios de comunicação impressos, portais, sites, emissoras de rádio ou TV. Para participar, os interessados devem preencher o formulário de inscrição até o dia 31 de maio. Mais informações estão disponíveis no na página de regulamento.

Leia mais:

No Rio Grande do Sul, a criação de duas novas categorias no AJURIS Direitos Humanos permitem a participação de profissionais da imprensa: Fotografia e Jornalismo. O evento está em sua 11ª edição e, este ano, contará com mais de R$25 mil em prêmios, distribuídos entre quatro modalidades.

O objetivo da premiação é dar visibilidade aos direitos humanos sob diferentes olhares, de acordo com as divisões: Monografia Acadêmica, Boas Práticas, Fotografia e Jornalismo. No caso da última categoria, serão aceitas reportagens sobre os reflexos da pandemia na sociedade que tenham contribuído para a disseminação das informações sobre a realidade social e o enfrentamento da pandemia.

“A garantia dos direitos fundamentais a todos e todas é um dos pilares do Estado Democrático de Direito e da Constituição Brasileira. Os Direitos Humanos são uma construção contínua da sociedade. A gente precisa estar constantemente lutando na busca desses direitos”, ressaltou o magistrado em texto enviado ao Portal Comunique-se.

As inscrições podem ser feitas até o dia 30 de setembro, no site do evento.

Compartilhe
0
0

Julia Renó

Jornalista, 23 anos. Natural de São José dos Campos (SP), onde vive atualmente, após temporadas em Campo Grande (MS). Formada pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (MS) e voluntária da ONG Fraternidade sem Fronteiras, integra o time de jornalistas do Grupo Comunique-se desde julho de 2020.

Papo de Redação

Prêmio Comunique-se

Patrocinadores Ouro

Patrocinadores Ouro



Patrocinadores Prata

Patrocinadores Prata



Patrocinadores Bronze

Patrocinadores Prata