Portal Comunique-se

“Cagada” de Bolsonaro estampa manchete de jornal

jair bolsonaro - isac nóbrega-pr
O presidente da República, Jair Bolsonaro. (Imagem: Isac Nóbrega/PR)

Declaração do presidente contra a CPI da Pandemia ganhou destaque em impresso

Compartilhe
banner - aniversário - comunique-se (1)

A manchete estampada na edição desta sexta-feira, 9, do Correio Braziliense não fez meias palavras a respeito da declaração do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) contra a Comissão Parlamentar de Inquérito instaurada no Senado a fim de apurar denúncias em relação a supostas irregularidades cometidas por autoridades na luta contra o novo coronavírus. “Acuado, Bolsonaro perde a linha: ‘caguei para a CPI’”, avisou o jornal.

Leia mais:

O conteúdo anunciado pela publicação impressa faz referência à forma com a qual o presidente da República lidou com a carta enviada pelo comando da CPI da Pandemia o questionando a respeito das acusações feitas pela deputado federal Luís Miranda (DEM-DF), de que integrantes do governo federal teriam tentado negociar propina para aquisição da vacina Covaxin, da Índia. Em live realizada na noite de quinta-feira, 8, Bolsonaro avisou que irá ignorar os questionamentos feitos por parlamentares. “Caguei para a CPI”, disse o político, que, dessa forma, ganhou vez na manchete do jornal do Distrito Federal.

A imprensa cria narrativas contra mim

Jair Bolsonaro

Na mesma transmissão online, Bolsonaro criticou a mídia, conforme captado pela equipe do site Poder 360. Para ele, que nesta semana entrou para a lista da ONG Repórteres Sem Fronteiras sobre “predadores da liberdade de imprensa”, os órgãos de comunicação criam versões para prejudicá-lo. “A imprensa cria narrativas contra mim. Cria mentiras. Bater, me chamar de corrupto. Agora, sou corrupto sem ter gasto um centavo com vacina”, reclamou o mandatário do país.

Repercussão do Correio Braziliense nas redes

A decisão editorial do Correio Braziliense em destacar em sua manchete impressa declaração de Jair Bolsonaro contra a CPI da Pandemia tem repercutido nas redes sociais. No Facebook e no Instagram, a foto com a primeira página de hoje do jornal registra até o momento 375 e 1.070 reações, respectivamente. Nos comentários, internautas têm se dividido entre críticas e elogios ao presidente e ao veículo de comunicação. “‘Caguei’ é o que Bolsonaro sempre fez na vida pública e na privada”, afirmou João Sérgio Macedo Salgado. “Acuados estão é vocês, depois que perderam a mamatinha!”, afirmou, sem apresentar prova alguma a respeito disso, o usuário identificado como Railke Prazeres.

caguei para a cpi da pandemia - jair bolsonaro - correio braziliense
(Imagem: Divulgação/Correio Braziliense)
Compartilhe
7
1

Anderson Scardoelli

Jornalista, 31 anos. Natural de São Caetano do Sul (SP) e criado em Sapopemba, distrito da zona lesta da capital paulista. Formado em jornalismo pela Universidade Nove de Julho (Uninove) e com especialização em jornalismo digital pela ESPM. Trabalhou de forma ininterrupta no Grupo Comunique-se durante 11 anos, período em que foi de estagiário de pesquisa a editor sênior. Em maio de 2020, deixou a empresa para ser repórter do site da Revista Oeste. Após dez meses fora, voltou ao Comunique-se como editor-chefe, cargo que ocupa atualmente.

banner-portal-cse-semana-do-cliente-dino (1)

Papo de Redação

Prêmio Comunique-se

Patrocinadores Ouro

Patrocinadores Ouro



Patrocinadores Prata

Patrocinadores Prata



Patrocinadores Bronze

Patrocinadores Prata