OPINIÃO

Conselho de um legendário revisor de textos – por Edson de Oliveira

Revisão

Se conselho fosse bom, dizia minha mãe, ninguém dava – vendia.

Por isso mesmo, também vou dar um.

Quem quer ganhar seu pãozinho de cada dia revisando o texto dos outros deve começar corrigindo os próprios escritos, como eu fazia quando escrevia cartas para os amigos ou editava fanzines, porque como confiar no trabalho de quem olha para o erro alheio fechando os olhos para os próprios erros?

Além disso, deve estar preparado para encarar textos ininteligíveis, ambientes barulhentos, sono, madrugadas, fins de semana, feriados, prazos curtos, atrasos no pagamento, calotes e, o que é pior, falta de trabalho.

Leia mais:

Como trabalhar junto com RH e a área de segurança?
CNN anuncia estreias de Márcio Gomes, Gloria Vanique e Carla Vilhena

Com duas décadas e meia de lida no espinhoso campo da revisão de textos, acho que já corrigi erros o bastante para dizer à pessoa que pretende sofrer as penas do ofício que exerço o que ela deve esperar de seu futuro trabalho.

Apesar de nos tempos de escola eu não ter tirado boas notas em redação nem em interpretação de textos, principalmente aqueles que, pela linguagem de outro mundo e pela falta de clareza, só o próprio autor consegue entender, sempre fui uma daquelas pessoas que não conseguem ler um texto sem deixar passar despercebidos erros de grafia, pontuação, colocação, regência, concordância, informação, giditação etc.

Por isso, quando percebi que a vida havia colocado um ponto final em minha fracassada carreira de atendente (de sebo, loja de conveniência etc.), comecei a procurar trabalho de revisor de textos, acabando por estrear no ofício em um escritório de tradução e legendagem de vídeo.

No começo, errei pra burro, certamente, muito mais do que continuo errando, até porque não existe revisor incorrigível, mas aprendi, principalmente com meus erros, a tirar de letra o trabalho, pelo menos a revisão dos tipos de textos com os quais estou familiarizado.

SOBRE O AUTOR

avatar

Edson de Oliveira

Revisor há mais de 20 anos, corrigindo principalmente legendas de vídeo, transcrição de áudio, textos jornalísticos e acadêmicos, é editor dos blogues “EFMérides” e “Blogue da Revisão”.

COMENTAR

COMENTAR