COMUNICAÇÃO

“Deus me deu uma grande oportunidade”, diz Rafael Henzel

rafael henzel jornalista
Rafael Henzel prestou homenagem às vítimas do acidente (Imagem: Arquivo pessoal)

Sobrevivente do acidente da Chapecoense, jornalista Rafael Henzel postou vídeo no Facebook para prestar homenagem às vítimas da tragédia

Há exatamente um ano, o avião da empresa boliviana LaMia caiu. Foram 71 pessoas mortas, entre jogadores, jornalistas, dirigentes e tripulantes. Apenas seis sobreviveram. “Deus me deu uma grande oportunidade”. É com essa frase que o único profissional de imprensa salvo, Rafael Henzel, definiu o milagre de contar sua história depois de um dia tão trágico. Em vídeo postado no Facebook, o radialista fala sobre o acidente e presta homenagem aos amigos que se foram.

Rafael Henzel começa seu depoimento falando sobre a madrugada desta quarta-feira, 29, que foi de emoção na Catedral Santo Antônio, em Chapecó (SC), onde diversas homenagens foram feitas às pessoas que morreram no acidente. “Neste exato momento, no ano passado, Chapecó, o Brasil e o mundo choravam pela perda de 71 pessoas. Nós, os seis sobreviventes, estavamos distribuídos pelos hospitais da Colômbia, e eu fico muito agradecido por todas as homenagens que foram e estão sendo feitas, pelos meus colegas, jogadores, comissão técnica, convidados do voo, e dizer que a oração que vocês fizeram, que tudo que pensaram e imaginaram, pediram, nos ajudou e deu tudo certo”, comenta o jornalista.

Bom dia.Meu agradecimento.

Publicado por Rafael Henzel em Quarta-feira, 29 de novembro de 2017

Henzel postou, ainda no Facebook, foto com o colega Renan Agnolin, da Rádio Oeste Capital, que estava no mesmo avião e não sobreviveu. “Éramos 21 para contar uma história. 20 se foram. Esse mesmo avião que nos levava, levou 70 vidas e mais a do piloto. Meu colega Renan: Tanto falei de ti e do teu incentivo neste ano. Tantos planos realizados. Tantas transmissões no Brasil e fora dele. Seguimos juntos meu amigo. Nesse dia, abraço sua família, Rangel Agnolin, seus pais. Sua voz seguirá firme. Fica com Deus”, escreveu.

Ao longo desta quarta-feira, 29, Chapecó é palco de homenagens às vítimas. Centenas de pessoas, entre torcedores e familiares, prestaram condolências aos 71 mortos e seis feridos.

Éramos 21 para contar uma história. 20 se foram. Esse mesmo avião que nos levava, levou 70 vidas e mais a do piloto….

Publicado por Rafael Henzel em Quarta-feira, 29 de novembro de 2017

Leia mais

 

SOBRE O AUTOR

Redação Comunique-se

Redação Comunique-se

Equipe responsável pela produção de conteúdo do Portal Comunique-se. Atualmente, a redação é composta pelo editor Anderson Scardoelli e a repórter sênior Nathália Carvalho.

COMENTAR

COMENTAR