Portal Comunique-se

Dizer sim não é um problema – artigo de Lygia Pontes

Há alguns dias, mencionei em outro artigo que dizer não é um dos segredos para uma rotina mais leve. Mas existem momentos em que é impossível dar uma resposta negativa a alguém. Nesse caso, devemos simplesmente dizer sim e voltar a nos sentirmos sobrecarregados?

Não exatamente. Quando percebemos que estamos em uma situação que não podemos dizer não, nunca devemos aceitar e ponto. Nesses casos, temos que usar o “sim consciente”. Ou seja, ter clareza das razões que nos levaram a dar uma resposta afirmativa.

Vamos usar um exemplo comum em muitas agências de comunicação: seu(sua) cliente pede para você participar de uma reunião que não é prioridade para ninguém. Além disso, você possui outros compromissos urgentes e importantes. Por isso, pensa em declinar a reunião. No entanto, percebe que precisa considerar outras questões relevantes, como o fato desse cliente ser o mais importante para sua área, em termos financeiros e de reputação e você passou a atendê-lo há pouco tempo, por isso, precisa estreitar o relacionamento com a sua interface. Nesse caso, dizer sim passa a ser a atitude mais adequada.

Embora seja muito incômodo ter que fazer algo que, na essência, você sabe que não deveria realizar, a partir do momento que tem consciência disso, ou seja, que sabe o real motivo de se dedicar a algo, o peso daquela atividade se torna menor. Assim, mais do que sair dizendo não e sim para qualquer tarefa que surge no seu dia a dia de trabalho, você precisa compreender a razão dela e os motivos que devem levar você a se dedicar a ela. Para isso, sempre que aparecer algo, faça uma pergunta muito simples a si mesmo(a): Por quê? Ao encontrar a resposta – ou respostas – você terá clareza se o retorno adequado é sim ou não e, para qualquer um deles, terá segurança da sua escolha.

Compartilhe
0
0

Anderson Scardoelli

Jornalista, 32 anos. Natural de São Caetano do Sul (SP) e criado em Sapopemba, distrito da zona lesta da capital paulista. Formado em jornalismo pela Universidade Nove de Julho (Uninove) e com especialização em jornalismo digital pela ESPM. Trabalhou de forma ininterrupta no Grupo Comunique-se durante 11 anos, período em que foi de estagiário de pesquisa a editor sênior. Em maio de 2020, deixou a empresa para ser repórter do site da Revista Oeste. Após dez meses fora, voltou ao Comunique-se como editor-chefe, cargo que ocupa atualmente.

Megalive do Prêmio Comunique-se 2021

Prêmio Comunique-se

Patrocinadores Ouro

Patrocinadores Ouro



Patrocinadores Prata

Patrocinadores Prata



Patrocinadores Bronze

Patrocinadores Prata