Portal Comunique-se

EBC e Rede Minas assinam acordo para levar TV digital para mais de 400 cidades

EBC e Rede Minas assinam acordo para levar TV digital para mais de 400 cidades
Imagem: iStock

Por meio da iniciativa Digitaliza Brasil, o sinal de TV digital chegará a 870 municípios de Minas Gerais

Compartilhe

A Empresa Brasil de Comunicação (EBC) e a Rede Minas de televisão assinaram, na última semana, um acordo que inclui 470 municípios de Minas Gerais na área de cobertura do programa Digitaliza Brasil – iniciativa do governo federal que visa ampliar a transmissão do sinal digital de TV para todo o território nacional.

Leia mais:

A parceria permitirá que canais que já são transmitidos na frequência digital cheguem a regiões que ainda sofrem com as desvantagens da TV analógica: sinal fraco, inconstante e de baixa qualidade audiovisual. Além da qualidade, a iniciativa visa desocupar parte do espectro da banda de frequência, que será usada pelas tecnologias 4G, nos municípios menores, e 5G, que deverá ser leiloada em novembro e será usada inicialmente nos grandes centros.

O presidente da EBC, Glen Valente, reafirmou a importância da parceria entre as emissoras públicas e a importância da expansão do sinal digital. “A parceria não é nova. Estamos expandindo focados em desenvolver conteúdo. Com esta integração nacional, isto é um facilitador para mostrar Minas Gerais para o Brasil inteiro. Essa parceria e o trabalho em conjunto são o grande foco da TV Brasil e da Rede Nacional de Comunicação Pública (RNCP). Hoje, a EBC tem mais de 48 parceiros. A produção de conteúdo descentralizada é uma potência. Somos grandes parceiros”, afirmou.

“Produzimos uma programação de extrema qualidade, uma programação que precisa chegar a todos os mineiros e o grande desafio era como fazer ponto e esse desafio, o que está sendo concretizado hoje, com início dessa assinatura”, diz Sérgio Rodrigo Reis, presidente da Empresa Mineira de Comunicações.

O governador de Minas Gerais, Romeu Zema, afirmou que a nova parceria trará possibilidades educativas que ainda não foram exploradas no Brasil, e que emissoras multicanal, como a Rede Minas e a TV Brasil, podem ter um impacto positivo sobre o público em idade escolar que não tem acesso a computadores ou celulares para acompanhar aulas remotas.

“Esse upgrade tem importância muito maior do que podemos imaginar. Ficou muito claro que uma das dificuldades que tivemos durante a pandemia foi chegar às famílias de alunos devido à falta de internet ou de TV de qualidade. Com essa nova tecnologia, um canal a mais poderia ter sido acionado para passar aulas o dia todo – algo que um canal analógico não permite”, disse Zema.

O governador afirmou, ainda, que vários distritos que não contam com cobertura de telefonia celular também receberão a novidade, já que a desativação do sinal analógico dará espaço também para a tecnologia 4G, que deverá cobrir todo o território nacional com o programa Digitaliza Brasil.

“Minas tem muito o que oferecer. Mais de 60 mil pessoas serão beneficiadas pelo Digitaliza Brasil”, concluiu Zema. Com a iniciativa, Minas Gerais passa a ter 870 municípios com acesso ao sinal de TV digital. Os outros 20 municípios restantes receberão a novidade em uma nova fase do programa, que deve concluir a desativação do sinal analógico até o fim de 2022.

*Matéria originalmente publicada no site da Agência Brasil.

Compartilhe
0
0

Agência Brasil

Agência pública de notícias criada em 1989, logo após a incorporação da Empresa Brasileira de Notícias (EBN) pela extinta Empresa Brasileira de Comunicação (Radiobras). Em 2007, com a criação da Empresa Brasil de Comunicação (EBC), que incorporou a Radiobras, passou a integrar o sistema público de comunicação.

Megalive do Prêmio Comunique-se 2021

Prêmio Comunique-se

Patrocinadores Ouro

Patrocinadores Ouro



Patrocinadores Prata

Patrocinadores Prata



Patrocinadores Bronze

Patrocinadores Prata