COMUNICAÇÃO

Eduardo Bolsonaro prega boicote à Globo

eduardo bolsonaro quer boicote à rede globo
(Imagem: Agência Câmara)

Deputado federal e filho do presidente da República critica o canal de televisão. Eduardo Bolsonaro aborda a entrevista que a Rede Globo exibiu com uma presidiária trans

Um parlamentar não quer que ninguém assista à programação da Rede Globo. Integrante da comitiva que acompanha o presidente Jair Bolsonaro nos Estados Unidos, o deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) usou o Twitter para criticar a emissora. Em postagem na noite de domingo, 8, o político promoveu a hashtag #BoicoteAGlobo.

Leia mais:

O tuíte de Eduardo Bolsonaro foi acompanhado de vídeo — devidamente editado por sua equipe ou apoiadores — que traz trechos da entrevista que a presidiária trans Suzy concedeu ao ‘Fantástico’ na edição que foi ao ar originalmente em 1º de março. De acordo com o deputado federal, o material mostra “como funciona a estratégia” da Rede Globo.

Para Eduardo Bolsonaro, a equipe da emissora de televisão usou de “vitimização e sensibilização” para abordar o assunto em questão: o de mulheres trans que são mantidas presas em penitenciárias masculinas. O caso foi postado pelo parlamentar horas depois de o site O Antagonista revelar que Suzy, a trans entrevistada pelo ‘Fantástico’, cumpri condenação por ter estuprado e assassinado um menino de nove anos — informação que foi omitida pela atração da Rede Globo. Ao fim do vídeo, há referência para essa matéria e conteúdos produzidos por outros sites.

Críticas além da Globo

Em outra postagem, o filho do presidente da República afirmou que o canal da família Marinho protagonizou uma “passada de pano” ao retomar o assunto no ‘Fantástico’ de 8 de março. Na noite de domingo, Eduardo Bolsonaro aproveitou para elogiar a “entrevista” que o humorista Carioca fez com o seu pai para o ‘Domingo Espetacular’, da Record TV. E aproveitou para criticar a imprensa como um todo. “Do jeito que parte do jornalismo vai indo é melhor deixar tudo nas mãos dos humoristas, as entrevistas saem mais decentes do que com determinados jornalistas”, ironizou o parlamentar.

Até o momento, a Rede Globo de Televisão não se posicionou publicamente a respeito das críticas feitas pelo parlamentar e filho do presidente da República.

SOBRE O AUTOR

avatar

Anderson Scardoelli

Orelhudo, observador e contador de histórias. Não necessariamente nessa ordem. De sua querida Estância Turística de Sapopemba, na zona leste de São Paulo, para o mundo. Graduado em jornalismo pela Uninove e com especialização em jornalismo digital pela ESPM, mas gosta mesmo de dizer que foi formado pelo Comunique-se. Trabalha na empresa há mais de 10 anos, indo de estagiário de pesquisa a editor sênior. No meio do caminho, foi estagiário de redação, trainee, subeditor, editor júnior e editor pleno. Gosta de escrever e de falar sobre (adivinhem?) jornalismo!

COMENTAR

COMENTAR