COMUNICAÇÃO ESPECIAIS

Em 2018, jornalistas querem manchetes sobre Lula

manchetes - lula - 2018
(Imagem: Reprodução/EBC)

Além das manchetes sobre Lula, outras questões sobre a política brasileira foram mencionadas pelos jornalistas que participaram da pesquisa realizada pelo Portal Comunique-se

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva é protagonista da maioria das manchetes que os jornalistas leitores do Portal Comunique-se gostariam de publicar no próximo ano. Num misto de amo e ódio ao político, parte dos profissionais gostaria de anunciar a prisão do petista, enquanto outra parcela deseja falar sobre sua eleição ao cargo de presidente do Brasil.

As informações foram reveladas em pesquisa feita pela reportagem do Portal Comunique-se com a base de profissionais da imprensa cadastrados em nosso site. Assim, no formulário de respostas enviadas pelos jornalistas ao levantamento, a pergunta “Qual a manchete que você gostaria de dar em 2018?” foi respondida com frases que demonstram a divisão de opiniões sobre o político, como: “Ex-presidnete Lula foi preso na manhã de hoje” e “Lula mais uma vez presidente do Brasil”.

Além das manchetes sobre Lula, outras questões sobre a política brasileira foram mencionadas pelos jornalistas que participaram da pesquisa realizada pelo Portal Comunique-se, como temas desejados para as matérias que serão escritas em 2018: prisão de Aécio Neves, queda de Michel Temer e fim da corrupção.

Mais manchetes

Entre os temas que os jornalistas gostariam de abordam em suas manchetes de 2018, também estão desejos para melhora da vida dos brasileiros, como:

  • “Empregos brotando de norte a sul. Economia e Educação em alta. Povo comemora”;
  • “Brasil sai do mapa da miséria”;
  • “Acabou a desigualdade social no Brasil”;
  • “Economia reage e desemprego cai 30%”;
  • “A paz reina no Brasil, em todos os segmentos da sociedade”;
  • “Sem corrupção, saúde, educação e mobilidade avançam”;
  • “Riqueza brasileira começa a ter equilíbrio entre as classes sociais”;
  • “Ciência encontra a cura para todos as doenças”

Crescimento e melhorias para o próprio jornalismo também são desejos para o próximo ano. Algum profissionais torcem para falar sobre o fim do fake news em suas manchetes, outros desejam que Jornalistas conquistem a maior valorização profissional da história e há, ainda, aqueles que torcem por uma mídia que produza jornal de olho nos interesses dos leitores e não de seus acionistas.

SOBRE O AUTOR

Tácila Rubbo

Tácila Rubbo

Formada em jornalismo pela Fiam-Faam, 23 anos. Trainee de redação do Portal Comunique-se desde setembro de 2016. Começou na empresa como estagiária, função que desempenhou por um ano e dez meses. Atualmente, é a responsável pelo conteúdo de parceiros publicado no site, avaliando os materiais recebidos e mantendo contato com os “articulistas-parceiros”. Além disso, cuida de produções externas e, claro, produz notas e reportagens especiais.

COMENTAR

COMENTAR

Notícias Corporativas

  • SUATV - TV Corporativa, Mural Digital e Digital Signage é SuaTV
  • RIWEB
  • Dino
/* ]]> */

Prêmio Comunique-se 2018