ESPECIAIS

Esporte Interativo chega ao fim na TV. Mais de 100 são demitidos

esporte interativo - turner - demitidos - logo - tv
EI deixará a televisão para existir somente na internet (Imagem: divulgação)

Controladora do canal, a norte-americana Turner anunciou a decisão nesta quinta-feira, 9. Mesmo com mais de 100 profissionais demitidos, há a promessa da marca Esporte Interativo seguir nas redes sociais (apesar de inexistir na TV)

Os canais Esporte Interativo vão deixar de existir nas operadoras de TV por assinatura, nas parabólicas e no 36.1 de São Paulo. Em comunicado oficial divulgado na tarde desta quinta-feira, 9, a Turner avisou que as três emissoras com a bandeira do EI deixarão a televisão em setembro. A empresa norte-americana controla a marca e, desde o ano passado, é afiliada à AT&T. Com os novos rumos, atrações já foram descontinuadas e o quadro de funcionário foi enxugado. Mais de 100 profissionais foram demitidos, conforme apurado pela reportagem do Portal Comunique-se.

Ignorando a demissão em massa, o comunicado oficial informa que os responsáveis pela empresa estão “ansiosos e animados com o futuro”. Com a exclusão do EI e EI 2 das operadoras de TV paga e do Esporte Interativo BR das parabólicas espalhadas pelo país e da frequência 36.1 na televisão digital da região metropolitana de São Paulo, os conteúdos relacionados ao futebol e a outras modalidades serão exibidos em outros dois canais mantidos pela Turner no país: TNT e Space. “Com as mesmas narrações, comentários e brincadeiras que nos acostumamos a ouvir nos últimos 11 anos”, garante a empresa em texto divulgado pelo Facebook.

Apesar do aviso de que a descontinuação da trinca de emissoras só será finalizada em setembro, os telespectadores já não tiveram acesso à programação normal das divisões do Esporte Interativo na tarde desta quinta. Em vez de atrações inéditas, os três canais exibem simultaneamente o mesmo conteúdo. Desde às 14h, estão sendo repetidas edições do ‘No Ar’, com o apresentador e narrador André Henning. Programas como ‘Melhor Futebol do Mundo’ e ‘Mais 90’ não foram produzidos. Outros conteúdos deverão ter o mesmo desfecho. São os casos dos diários ‘Dois Toques’ e o ‘Jogando Em Casa’, que ia ao ar em pleno horário nobre.

Jornalistas demitidos

Com o Esporte Interativo se preparando para deixar a TV, a Turner dispensou em massa. A empresa norte-americana não comenta, mas pelo menos 100 funcionários já foram demitidos. Entre os profissionais desligados estão repórteres, comentaristas, produtores e cinegrafistas. Especialista em futebol internacional, o comentarista Fernando “Donan” Campos foi um dos que informou publicamente que não faz mais parte do projeto EI. “Foram 7 anos de muito aprendizado, crescimento e de muitas oportunidades incríveis na minha carreira”, publicou o jornalista em seu perfil no Twitter.

Dois setoristas também usaram o Twitter para avisar que não são mais funcionários do Esporte Interativo. Responsável por acompanhar o dia a dia do Vasco da Gama, Lucas Pedrosa lembrou que estava na emissora há mais de três anos. Há seis meses na casa, Eliza Ranieri, responsável pelo noticiário sobre o Sport Club Internacional, sinalizou que encará a situação como desafio de superação. “É um momento difícil, desanimador, mas meu sonho continua e sempre vai continuar. É por algo maior que eu larguei toda a minha vida pra seguir o jornalismo esportivo”, publicou a repórter. Sem programas e só dando conta da exibição de alguns jogos via TNT e Space, a equipe esportiva da Turner se resumirá a uma equipe enxuta. Só seguirão na companhia alguns narradores, produtores comentaristas e profissionais da parte técnica. Parte dos repórteres pode seguir, mas como freelas.

Mensagens

Direitos de transmissão

O fim dos canais Esporte Interativo é divulgado um mês após a Turner renovar os direitos para transmissão da Liga dos Campeões da Europa. A empresa será a responsável por transmitir as próximas três temporadas da competição na TV paga brasileira — o que será feito por meio dos já mencionados Space e TNT. A mesma estratégia será utilizada para a transmissão do Campeonato Brasileiro a partir de 2019. Alguns times deram fim a parceria de anos com a Globosat/SporTV e assinaram acordo prévio com o EI. Palmeiras, Santos, Internacional, Atlético Paranaense, Coritiba, Bahia, Figueirense, Ponte Preta, Santa Cruz, Ceará, Sampaio Corrêa, Criciúma, Joinville, Paysandu, Paraná e Fortaleza foram os clubes que tomaram tal decisão.

esporte interativo - turner - champions league - demitidos - tv
Esporte Interativo seria a “casa brasileira” da Champions League nos próximos anos. Seria. Torneio será exibido pelos canais TNT e Space (Imagem: reprodução/EI/Facebook)

Presença nas redes sociais

No comunicado, a Turner reforça que a marca Esporte Interativo seguirá na internet. Aliás, a nota oficial foi divulgada na fan page do canal. Abaixo da audiência registrada por Sportv, Fox Sports e ESPN, o EI é líder nas redes sociais. Somente no Facebook, a página da emissora conta com mais de 16 milhões de seguidores. Além disso, tem 2,2 milhões no Twitter e 4,1 milhões no Instagram. A rede também aparece com destaque no YouTube. Na plataforma de vídeos, há conteúdos exclusivos, que são acompanhados por mais de 3,7 milhões de inscritos. Algumas das atrações online deverão ser mantidas. O aplicativo EI Plus também seguirá ativo.

Leia o comunicado oficial da Turner:

POSICIONAMENTO OFICIAL DO ESPORTE INTERATIVO

Nós do Esporte Interativo/Turner, agora uma afiliada AT&T, anunciamos hoje que estamos migrando a nossa programação de TV com o futebol nacional e internacional para as marcas TNT e Space. A Turner continua comprometida com a Liga dos Campeões da UEFA pelas próximas três temporadas, iniciando as transmissões a partir deste mês. Além disso, a partir do ano que vem, começaremos a transmitir a série A do Campeonato Brasileiro até 2024.

Os canais do Esporte Interativo na TV serão desativados nos próximos 40 dias e deixaremos de transmitir competições que nos orgulhamos muito durante os últimos anos. Entretanto, as nossas atividades no mundo digital seguem firmes, e continuaremos levando a emoção que o Brasil merece pra vocês através do nosso Facebook, Instagram, Youtube, Twitter, EI Plus e qualquer outra plataforma digital em que os apaixonados por esporte estejam presentes.

Não dá pra negar que estamos tristes com o fim dos canais Esporte Interativo na TV, mas ao mesmo tempo estamos ansiosos e animados com o futuro, em que estaremos todos os dias na TNT e Space, com as mesmas narrações, comentários e brincadeiras que nos acostumamos a ouvir nos últimos 11 anos. E claro, seguiremos juntos, diariamente, com a nossa família de mais de 20 milhões de fãs nas redes sociais. Muito obrigado pelo apoio de sempre. Contamos com vocês nessa nova caminhada. Tamo junto!

SOBRE O AUTOR

Anderson Scardoelli

Anderson Scardoelli

Jornalista, 28 anos. Formado pela Universidade Nove de Julho (Uninove) e pós-graduado em jornalismo digital pela ESPM. Há nove anos no Grupo Comunique-se, onde idealizou os projetos 'Correspondente Universitário' e 'Leitor-Articulista'. Na empresa, já atuou como freelancer (inserção de conteúdo), estagiário de pesquisa, estagiário de redação, trainee de redação, subeditor e editor-júnior. É, desde maio de 2016, o editor responsável pelo Portal Comunique-se e pelo conteúdo do Prêmio Comunique-se.

1 COMENTÁRIO

COMENTAR