ESPECIAIS

Great Place to Work: Comunique-se é destaque na lista Brasil

comunique-se - lista brasil do gptw 2018 - great place to work
(Arte: Rafael Levi)

Grupo tem se acostumado a aparecer em listas do Great Place to Work (GPTW). É a 14ª conquista na premiação. Em 2018, Comunique-se estreia na disputa entre médias empresas

Menos de duas semanas depois de ser reconhecido como uma das 5 melhores empresas de porte médio para se trabalhar no estado do Rio de Janeiro, o Comunique-se tem novo motivo para comemorar. Em evento realizado na noite de segunda-feira, 13, o grupo foi mais uma vez contemplado pelo Great Place to Work (GPTW). Desta vez, a premiação veio em nível nacional. Pela primeira vez, o Comunique-se apareceu na chamada lista Brasil da disputa, ocupando a 17ª posição entre as 150 companhias que formam o ranking.

A conquista faz com que o Comunique-se passe a contabilizar 14 placas no GPTW. Desde 2011, a empresa é prestigiada pela instituição internacional preocupada em dar visibilidade a boas práticas de bem-estar no ambiente corporativo. Até 2017, a empresa aparecia na divisão de pequenas corporações. No período, somou sete títulos entre as melhores do Rio de Janeiro e apareceu cinco vezes na lista top das companhias do segmento de TI & telecom. Em 2018, já marcando presença como empresa de médio porte, figurou no top five da disputa fluminense.

Como indicativo do que passa a ser o próximo objetivo do Comunique-se no que tange o GPTW, a lista Brasil deste ano foi revelada em cerimônia realizada no Espaço das Américas, na cidade de São Paulo. Valorizando mais uma vez a força feminina, a empresa esteve representada por duas mulheres. Coube, assim, à dupla Bruna Tavares (supervisora de gente e gestão) e Rose Silva (sócia-diretora comercial) subir ao palco da casa de espetáculos. “É a realização de um sonho! Sonho que, agora, evolui e passa a ser entrar na lista da América Latina do Great Place to Work”, comenta Rose, que está no Comunique-se desde 2001, ano de lançamento do grupo.

rose silva - rodrigo bocardi - great place to work - comunique-se na lista brasil do gptw
Rose Silva ao lado do mestre de cerimônias do evento do GPTW, Rodrigo Bocardi. Jornalista é finalista como ‘Âncora de TV’ do Prêmio Comunique-se 2018 (Imagem: Bruna Tavares)
infográfico - comunique-se - histórico de premiações do great place to work - gptw
(Arte: Anderson Scardoelli)

Valorizando a diversidade

Mulher, negra e nordestina, Rose Silva é exemplo de um dos pontos fortes do Comunique-se, conforme registrado pelos colaboradores na pesquisa promovida pelos organizadores do GPTW no país. O questionamento interno representa boa parte da pontuação final das listas do Great Place to Work – que também analisa documento sobre as práticas culturais. No último levantamento, os próprios funcionários apontaram a diversidade entre os itens de qualidade da empresa.

Provas de que o grupo não distingue os profissionais por gênero, naturalidade, raça e condição financeira não faltam. Entre eles está o executivo de relacionamento Marseu Carvalho, integrante da família Comunique-se desde julho de 2017, que nasceu em Angola. Bruno Moralles e Victor Veloso não veem suas orientações afetivas como empecilho para crescimento na empresa, tanto que ambos estão na equipe de “sucessores” de suas equipes. O trabalho de “sucessores” faz parte da Universidade Comunique-se, núcleo interno de bolsas de estudos e troca de conhecimentos criado em janeiro, e visa a formação de líderes dentro do próprio grupo. O foco em valorizar a formação técnica do time também foi destacado positivamente na pesquisa do GPTW.

comunique-se brasil - gptw - lista brasil do great place to work
Conexão Rio-São Paulo: equipe do escritório paulista do Comunique-se na comemoração pelo top 5 do GPTW no Rio de Janeiro (Imagem: Bruna Tavares)

Reconhecida só pelos colaboradores?

O ranking do GPTW é baseado na relação dos colaboradores com a empresa. Fato é que o Comunique-se também é reconhecido de forma positiva junto aos seus parceiros externos. Levando-se em consideração a satisfação do cliente por meio da metodologia Net Promoter Score (NPS), as divisões de negócios do grupo rivalizam com gigantes do porte de Apple, Netflix e Amazon. De acordo com o site Pluga.co, essas companhias norte-americanas registraram em 2017 índice de  72, 68 e 62, respectivamente. No segundo trimestre deste ano, a RIWeb, área do Comunique-se voltada ao relacionamento com investidores, registrou NPS de 83. Solução de televisão corporativa, a SuaTV fechou o período com 69. “É a prova que buscamos o ‘efeito UAU’ em tudo o que fazemos”, comemora o CEO e fundador do Comunique-se, o empreendedor Rodrigo Azevedo.

nps - comunique-se - gptw - great place to work - brasil
De bem com os clientes: NPS do Comunique-se está no patamar de Apple e Netflix (Arte: Henrique Souza)

SOBRE O AUTOR

avatar

Anderson Scardoelli

Orelhudo, observador e contador de histórias. Não necessariamente nessa ordem. De sua querida Estância Turística de Sapopemba, na zona leste de São Paulo, para o mundo. Graduado em jornalismo pela Uninove e com especialização em jornalismo digital pela ESPM, mas gosta mesmo de dizer que foi formado pelo Comunique-se. Trabalha na empresa há mais de 10 anos, indo de estagiário de pesquisa a editor sênior. No meio do caminho, foi estagiário de redação, trainee, subeditor, editor júnior e editor pleno. Gosta de escrever e de falar sobre (adivinhem?) jornalismo!

COMENTAR

COMENTAR