Portal Comunique-se

Estreias na imprensa do Paraná, de Minas e de Santa Catarina

Relançamento de emissora de rádio, surgimento de jornal digital e reestreias de noticiários locais na TV marcam as novidades da imprensa regional

Em ao menos três estados brasileiros, o Dia Mundial da Liberdade de Imprensa foi marcado por novidades no setor. Nesta segunda-feira, 3, o Grupo RIC voltou a colocar no ar uma emissora de rádio em Londrina, no interior do Paraná. Ainda no sul do país, a NSC voltou a produzir edições locais de noticiário televisivo. Enquanto isso, um grupo de jornalistas se uniu e apresentou o projeto de um novo jornal digital para a imprensa regional.

Folha FM relançada

Relançamento. É esse o termo utilizado pela direção do Grupo RIC ao anunciar a mais nova fase da Rádio Folha FM, emissora localizada em Londrina. A partir de hoje, o veículo radiofônico passa a contar com novas produções. Entre as novidades estão o maior investimento dedicado ao jornalismo. O ‘RN 24 horas’ é um exemplo. O programa é apresentado por Marc Sousa e Vinícius Buganza, âncora da versão local do ‘Cidade Alerta’, e conta com a participação do deputado federal (e jornalista) Paulo Eduardo Martins (PSC-PR).

“Duas das principais e mais renomadas rádios da cidade”

“A aquisição de duas das principais e mais renomadas rádios da cidade, que possuem uma história com Londrina, nos dá uma vantagem competitiva importante no mercado”, afirma o presidente-executivo do Grupo RIC, Leonardo Petrelli, ao fazer menção à Igapó FM, relançada na última semana. “As emissoras traçaram uma longa história de sucesso e identificação com seus públicos: a Igapó tem perfil popular e atinge um público mais maduro, enquanto a Folha fala de perto com um segmento mais jovem e de grande poder aquisitivo”, pontua o executivo do conglomerado de imprensa regional.

Um “pharol” mineiro

Liderado por Ricardo Miranda, diretor-presidente da Casa do Jornalista de Juiz de Fora, município da zona da mata de Minas Gerais, um grupo de jornalistas resolveu comemorar o Dia Mundial da Liberdade de Imprensa com o anúncio de novidade na mídia local. A equipe será responsável por lançar e editar o jornal digital chamado de O Pharol. Com PH, o futuro veículo de comunicação terá o mesmo nome de impresso que circulou por Juiz de Fora e região de 1866 a 1939.

“Um modelo editorial com prioridade no conteúdo (…) era possível”

Dados sobre economia, educação, política e saúde terão vez no novo O Pharol, que chegará ao mercado com o slogan de “informação à luz dos fatos”. “Começamos a enxergar que um modelo editorial com prioridade no conteúdo, que seja claro e explicativo e, acima de tudo, com tempo e espaço para contar boas histórias, era possível”, conta Miranda, que terá ao seu lado outros cinco jornalistas:

  1. Táscia Souza, doutora em estudos literários;
  2. Júlia Pessoa, doutoranda em ciências sociais;
  3. Leonardo Costa, geógrafo;
  4. Pedro Augusto Figueiredo, analista político;
  5. Thiago Valério, diretor da agência Tripé Criação.

‘Jornal do Almoço’ com notícias locais

Telejornal vespertino produzido pela NSC, afiliada da Rede Globo de Televisão em Santa Catarina, o ‘Jornal do Almoço’ voltou a contar com cinco edições locais — em vez de uma única produção gerada a partir da sede da emissora na capital Florianópolis. Assim, a Grande Floripa seguiu com noticiário apresentado por Laine Valgas e Mário Motta. Joinville, Blumenau, Chapecó e Criciúma passaram a exibir novamente edições 100% locais do ‘JA’.

As edições locais do ‘Jornal do Almoço’ irão ao ar de segunda a sexta-feira. Aos sábados, a estratégia da NSC em ter um único telejornal para todo o estado de Santa Catarina seguirá ativa, com produção a partir de Florianópolis.

Compartilhe
0
0

Anderson Scardoelli

Jornalista, 31 anos. Natural de São Caetano do Sul (SP) e criado em Sapopemba, distrito da zona lesta da capital paulista. Formado em jornalismo pela Universidade Nove de Julho (Uninove) e com especialização em jornalismo digital pela ESPM. Trabalhou de forma ininterrupta no Grupo Comunique-se durante 11 anos, período em que foi de estagiário de pesquisa a editor sênior. Em maio de 2020, deixou a empresa para ser repórter do site da Revista Oeste. Após dez meses fora, voltou ao Comunique-se como editor-chefe, cargo que ocupa atualmente.

Adicione um comentário

Publicidade

Papo de Redação

Prêmio 2021

Prêmio Comunique-se

Patrocinadores Ouro

Patrocinadores Ouro

Patrocinadores Prata

Patrocinadores Prata

Patrocinadores Bronze

Patrocinadores Prata