Portal Comunique-se

João Castello e Ruy Castro comandam oficinas de crônica e escrita

banner - aniversário - comunique-se (1)

Jornalistas surgem como professores do Instituto Estação das Letras

A pandemia e as regras de isolamento social impostas em virtude do avanço do contágio de Covid-19 Brasil afora, não impede o Instituto Estação das Letras em seguir com a missão de ajudar a formar novos escritores. Em abril, a iniciativa baseada fisicamente no Rio de Janeiro investirá em oficinas virtuais. Para isso, contará com duas referências do mercado editorial: os jornalistas Ruy Castro e João Castello.

Leia mais:

Colunista da imprensa e biógrafo responsável por contar, em livros, as trajetórias de personalidades como Carmen Miranda, Garrincha e Nelson Rodrigues, Ruy Castro ficará responsável pelo curso “Os Três Graus da Escrita: Ficção, não ficção e crônica”. Aplicadas de modo 100% online, as aulas serão aplicadas nos dias 6, 7 e 8 de abril. Nas três ocasiões, o horário da exposição do conteúdo será das 19h às 21h.

A oficina sob comando de Ruy Castro contará com os seguintes tópicos, informa o Instituto Estação das Letras:

  1. A não ficção – os segredos da biografia, da reportagem e da reconstituição histórica;
  2. Ficção – os romances que exigem pesquisa e os que se valem exclusivamente da imaginação
  3. Crônica – como “conversar” com o leitor, como descobrir assuntos e o que é ou não assunto de crônica fazem parte do escopo das aulas.
ruy castro
Ruy Castro | Imagem: Divulgação

Também jornalista e biógrafo, com livros sobre Vinícius de Moraes e Pelé, João Castello estará à frente do “Estúdio da Crônica”. A oficina será realizada até julho. Isso porque os encontros estão programados para ocorrer nos dias 16 e 17 de abril, 14 e 15 de maio, 18 e 19 de junho e 16 e 17 de julho. Às sextas, os encontros serão das 18h às 21h, enquanto que aos sábados eles se darão das 10h às 13h.

“A proposta do ‘Estúdio da Crônica’ é que cada aluno trabalhe sempre sobre o mesmo texto que será lido, discutido, reescrito, relido e rediscutido – até o limite”, informa o Instituto Estação das Letras. “Ao fim do processo, cada participante terá, enfim, uma crônica pronta. Resultado de um longo processo de escrita pessoal, mas também de reflexão coletiva. Esse texto servirá como um possível ponto de partida para seu trabalho pessoal de cronista”, explica a instituição.

joão castello
João Castello | Imagem: Divulgação

Inscrições

As inscrições para as oficinas com Ruy Castro e João Castello estão abertas. Interessados em um dos cursos (ou nos dois) devem entrar em contato pelo e-mail iel@estacaodasletras.com.br ou pelo WhatsApp 21-99127-4088.

Para ter inscrição garantida na turma do “Estúdio da Crônica”, será preciso enviar rascunho da crônica a ser trabalhada ao longo da oficina. O texto poderá ter no máximo 6 mil caracteres (já contando os espaços). “Esse texto – precário, imperfeito, incompleto – servirá como ponto de partida para o trabalho a ser desenvolvido ao longo dos quatro meses de estúdio”, afirma o escritor – e professor – João Castello.

Compartilhe
0
0

Anderson Scardoelli

Jornalista, 31 anos. Natural de São Caetano do Sul (SP) e criado em Sapopemba, distrito da zona lesta da capital paulista. Formado em jornalismo pela Universidade Nove de Julho (Uninove) e com especialização em jornalismo digital pela ESPM. Trabalhou de forma ininterrupta no Grupo Comunique-se durante 11 anos, período em que foi de estagiário de pesquisa a editor sênior. Em maio de 2020, deixou a empresa para ser repórter do site da Revista Oeste. Após dez meses fora, voltou ao Comunique-se como editor-chefe, cargo que ocupa atualmente.

Papo de Redação

Prêmio Comunique-se

Patrocinadores Ouro

Patrocinadores Ouro



Patrocinadores Prata

Patrocinadores Prata



Patrocinadores Bronze

Patrocinadores Prata