COMUNICAÇÃO

Jornalista é hostilizada e agredida durante cobertura de jogo

jornalista renata medeiros radio gaucha agredida
A jornalista Renata de Medeiros foi agredida no domingo, 11 (Imagem: Reprodução)

Jornalista da rádio Gaúcha, Renata de Medeiros foi hostilizada e agredida por um torcedor do Internacional

Os registros de agressão a profissionais de imprensa ganharam mais um caso. No domingo, 11, a repórter Renata de Medeiros, contratada pela rádio Gaúcha, do Grupo RBS, foi hostilizada e agredida por um torcedor do Internacional. A jornalista trabalhava na cobertura do Gre-Nal disputado no Beira-Rio.

O caso foi denunciado pela própria jornalista, que conseguiu filmar parte da ação do agressor. Renata de Medeiros conta que o homem a chamou de puta e, em seguida, ao se dar conta de que estava sendo filmado, a agrediu. “Nunca achei que fosse passar por isso trabalhando”, relatou a repórter. O Globoesporte.com afirma que o torcedor foi retirado das arquibancadas por um segurança presente.

Em nota, o Grupo RBS informou que a agressão foi registrada em boletim de ocorrência e que o fato será investigado. “A RBS repudia toda e qualquer forma de violência dirigida a jornalistas em atividade profissional e reitera sua inconformidade com acontecimentos desse gênero”.

O Sport Club Internacional também falou sobre o caso e lamentou o ato “discriminatório sofrido pela repórter Renata de Medeiros”. “O torcedor que proferiu palavras ofensivas e agrediu a profissional foi imediatamente retirado do estádio pelos seguranças do Clube e conduzido ao Juizado Especial Criminal (JECRIM). Foi uma situação lamentável e totalmente contrária aos princípios do Clube. Portanto, sempre que ocorrer fatos deste tipo no estádio, o Internacional pede que a vítima denuncie o agressor para que as medidas cabíveis possam ser tomadas”.

Leia mais

SOBRE O AUTOR

Redação Comunique-se

Redação Comunique-se

Equipe responsável pela produção de conteúdo do Portal Comunique-se. Atualmente, a redação é composta pelo editor Anderson Scardoelli, a repórter Nathália Carvalho e a trainee Tácila Rubbo.

COMENTAR

COMENTAR

Notícias Corporativas

Prêmio Comunique-se 2018