PAUTAS & NOTAS

Jornalistas movimentam o mercado editorial

livros - mercado editorial - jornalistas
(Imagem: reprodução)

Mário Russo e Moisés Rabinovici lançaram livros de crônicas e reportagens, respectivamente, no último mês. Dupla de jornalistas ajuda a movimentar o mercado editorial do país

Com 30 anos de carreira, jornalista lança livro de crônicas

Profissional com 30 anos de experiência em redações, Mário Russo entrou em agosto para a lista de jornalistas com novas obras disponíveis no mercado editorial brasileiro. No último mês, ele lançou Esses que vão pelos bares. Publicada pela Ibis Libris Editora, a obra reúne em 96 páginas contos e crônicas escritos pelo autor ao longo de três décadas na imprensa.

“Cada uma delas [histórias apresentadas como crônicas e contos] é resultado do garimpo diário do escritor por histórias aparentemente banais e também dos frutos da observação jornalística e pessoal de momentos anônimos do cotidiano”, informa os responsáveis pela divulgação Esses que vão pelos bares. Mário Russo tem no currículo passagens por veículos como TV Tupi, Jornal O Globo, Jornal do Brasil, Jornal do Commercio e Agência Sputnik.

Moisés Rabinovici reúne melhores reportagens em livro

“Eu era um repórter que zelava pela forma do texto e, às vezes, passava a noite toda para escrever o primeiro parágrafo de uma reportagem. Ao chegar a Beirute, fiquei diante de um telex, e com meia hora ao todo para escrever e transmitir. No telex, posta a primeira palavra, não tem volta. É seguir adiante, sem tecla de deletar. Adeus, preciosismo”, comenta Moisés Rabinovici. Exemplo para gerações de jornalistas, ele relembra assim uma das reportagens internacionais que produziu.

A cobertura da guerra do Líbano, na década de 1980, e tantas outras acompanhadas pelo Rabino, como o comunicador é carinhosamente chamado por colegas, são relembradas em Escritos com a pele. Com 312 páginas e comercializado pela 11 Editora, o livro chegou ao mercado editorial em agosto, com prefácio assinado pelo saudoso ‘Mestre do Jornalismo’ Clóvis Rossi. A publicação apresenta as impressões de Moisés Rabinovici como enviado especial em conflitos em Ruanda, El Salvador e Panamá.

SOBRE O AUTOR

avatar

Anderson Scardoelli

Orelhudo, observador e contador de histórias. Não necessariamente nessa ordem. De sua querida Estância Turística de Sapopemba, na zona leste de São Paulo, para o mundo. Graduado em jornalismo pela Uninove e com especialização em jornalismo digital pela ESPM, mas gosta mesmo de dizer que foi formado pelo Comunique-se. Trabalha na empresa há mais de 10 anos, indo de estagiário de pesquisa a editor sênior. No meio do caminho, foi estagiário de redação, trainee, subeditor, editor júnior e editor pleno. Gosta de escrever e de falar sobre (adivinhem?) jornalismo!

COMENTAR

COMENTAR