Portal Comunique-se

Leilão da sede da Editora Abril: venda por mais de R$ 118 milhões

banner - aniversário - comunique-se (1)

Prédio foi vendido em meio ao processo de recuperação judicial da empresa de comunicação

Mais uma etapa concluída no processo de recuperação judicial da Editora Abril. Iniciado na terça-feira, 18, o leilão online da sede da empresa de comunicação na Marginal Tietê, em São Paulo, foi concluído na manhã desta sexta, 21. O lance arrematador foi superior a R$ 118 milhões.

Leia mais:

Empresa designada para organizar a venda, a Biasi Leilões limita-se a informar que o arremate foi feito às 10h42. O comprador, que não teve a identificação revelada pela plataforma, vai desembolsar exatos R$ 118.783.000,00 para ter o direito de explorar a área que por décadas abrigou a redação e a gráfica das publicações da Editora Abril. O lance mínimo deveria ser de R$ 110,5 milhões.

A Biasi Leilões revela que apenas duas pessoas (ou empresas) demonstraram interesse na aquisição do imóvel com mais de 55 mil m². Cada uma deu 17 lances, totalizando o total de 34. Toda a disputa pelo espaço se deu em pouco mais de 20 minutos da manhã desta sexta-feira, com o lance inicial sendo registrado às 10h20.

Recuperação judicial

A expectativa é a de que o valor da venda da antiga sede da Editora Abril seja direcionado para ex-funcionários, fornecedores, credores e prestadores de serviços da empresa de comunicação que por décadas foi controlada pela família Civita. Quando anunciou o pedido de recuperação judicial, em 2018, o grupo acumulava dívidas de aproximadamente 1,6 bilhão, lembra o site Poder 360.

Compartilhe
0
0

Anderson Scardoelli

Jornalista, 31 anos. Natural de São Caetano do Sul (SP) e criado em Sapopemba, distrito da zona lesta da capital paulista. Formado em jornalismo pela Universidade Nove de Julho (Uninove) e com especialização em jornalismo digital pela ESPM. Trabalhou de forma ininterrupta no Grupo Comunique-se durante 11 anos, período em que foi de estagiário de pesquisa a editor sênior. Em maio de 2020, deixou a empresa para ser repórter do site da Revista Oeste. Após dez meses fora, voltou ao Comunique-se como editor-chefe, cargo que ocupa atualmente.

Papo de Redação

Prêmio Comunique-se

Patrocinadores Ouro

Patrocinadores Ouro



Patrocinadores Prata

Patrocinadores Prata



Patrocinadores Bronze

Patrocinadores Prata