COMUNICAÇÃO ESPECIAIS

Morre Fernando Vanucci: “Alô, você”, demissões inusitadas e carisma marcaram a carreira

Fernando Vanucci

O jornalista Fernando Vanucci, um dos principais nomes do jornalismo esportivo do Brasil, morreu hoje (24). Aos 69 anos de idade e 54 de carreira, ele fez história em suas apresentações e bordões repetidos em todo o País. A informação foi confirmada pelo Globo Esporte, mas a causa da morte ainda não foi divulgada.

Desde 2019, o jornalista por trás de uma das principais vozes do esporte tinha problemas de saúde. Na época, ele teve um infarto e, desde então, usava marca-passo. Hoje, pela manhã, Vanucci passou mal e foi levado a Pronto Socorro Central de Barueri, na Grande São Paulo, mas não resistiu. Ele deixa quatro filhos.

‘Alô, você’

Conhecido por seu trabalho e carisma, o jornalista mineiro se tornou ainda mais popular por seus bordões como “alô, você’. A forma encontrada por Fernando Vanucci para iniciar sua participação no Globo Esporte marcou uma geração e foi repetida inúmeras vezes, chegando, inclusive, a se tornar trecho de música.

Desde os anos 70, ele levou informações sobre os principais momentos do esporte aos brasileiros. Na Globo, ele fez a cobertura de seis Copas do Mundo, nos anos de 1978, 1982, 1990, 1994 e 1998, além de cinco Olimpíadas — em 1980, 1984, 1988, 1992 e 1996.

Leia mais:

RedeTV! anuncia contratação de Rodrigo Constantino
Após 27 anos no ar, GloboNews encerra programa ‘Manhattan Connection’

Após a Globo, o jornalista e apresentador continuou fazendo história. Teve passagens também por Bandeirantes, Record, RedeTV! e Rede Brasil de Televisão.

Vanucci viveu dois momentos polêmicos na televisão. Da Rede Globo, foi demitido depois de aparecer comendo ao vivo. Na RedeTV!, viveu sua segunda polêmica: foi acusado de entrar no ar embriagado logo após a conquista da Copa do Mundo de 2006 pela Itália. Ele se defendeu dizendo que, na realidade, estava sob efeitos colaterais de uma medicação para ansiedade.

Homenagens

Nas redes sociais, jornalistas e clubes esportivos lamentaram a perda do jornalista. No Twitter, o Botafogo, time para o qual ele torcia, fez uma homenagem e manifestou solidariedade com amigos e familiares de Vanucci.

Além dos clubes brasileiros, o Manchester City de Portugal também fez uma publicação em homenagem ao jornalista.

Entre os colegas de profissão, foi lembrado com carinho pelos que trabalharam com ele e também por se tornar referência. O jornalista e apresentador do SportTV, Carlos Cereto, comentou o acontecimento e lembrou Vanucci como ‘referência na profissão’.

O comentarista da ESPN e da Fox Sports, Leonardo Bertozzi, lembrou algumas das expressões do colega que ficaram famosas e afirmou que ele “deixa uma marca inquestionável na história da nossa profissão e da televisão brasileira”.

SOBRE O AUTOR

Julia Renó

Jornalista, 23 anos. Natural de São José dos Campos (SP), onde vive atualmente, após temporadas em Campo Grande (MS). Formada pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (MS) e voluntária da ONG Fraternidade sem Fronteiras, integra o time de jornalistas do Grupo Comunique-se desde julho de 2020.

COMENTAR

COMENTAR