CARREIRA

Premiação do Sindifisco lança categoria para jornalistas

sindifisco - premiação - jornalistas
(Imagem: Canva)

Iniciativa vai prestigiar reportagens e artigos sobre assuntos tributários

A edição 2021 do Prêmio Caesari conta com novidade voltada aos jornalistas inseridos na editoria de economia, sobretudo àqueles dedicados a produzir reportagens e artigos sobre assuntos tributários. Neste ano, o evento organizado pelo Sindicato Nacional dos Auditores-Fiscais da Receita Federal do Brasil (Sindifisco) conta com a categoria “Imprensa”.

Advertisement

Leia mais:

De acordo com os idealizadores da iniciativa, a parte dedicada à imprensa é voltada a reconhecer os principais conteúdos sobre questões tributárias ou aduaneiras. Poderão concorrer materiais publicados originalmente nas mais diversas mídias, como jornais e revistas impressas, canais de televisão, emissoras de rádio e projetos inseridos no meio digital.

Além de “Imprensa” o Prêmio Caesari deste ano conta com outras cinco categorias: Academia, Administrador, Auditoria Fiscal, Legislador e Personalidade. Para a parte voltada aos jornalistas de economia, as inscrições ficarão abertas até 8 de outubro. Interessados devem registrar seus trabalhos de forma exclusiva pela internet, por meio do site oficial da premiação: premiocaesari.org.br.

Será necessário preencher ficha de inscrição e enviar arquivo digitalizado da reportagem ou do artigo em PDF, com tamanho máximo de 10 MB. Em vez de fazer upload do material, o jornalista pode inserir o link público do conteúdo a concorrer à premiação. Segundo a organização do Sindifisco, será permitida a inscrição individual e em grupo, mas com cada grupo de candidatos podendo submeter para análise o máximo de três trabalhos jornalísticos.

Reconhecimento em dinheiro

Os vencedores da categoria “Imprensa” do Prêmio Caesari serão prestigiados de forma financeira. O primeiro colocado receberá R$ 15 mil. O segundo ganhará R$ 10 mil, enquanto que o terceiro lugar será agraciado em R$ 5 mil.

“Nada mais válido que recompensar os profissionais que empenharam esforço investigativo e intelectual para gerar conteúdo”

“Como a imprensa é a mediadora do debate público sobre temas nacionais, nada mais válido que recompensar os profissionais que empenharam esforço investigativo e intelectual para gerar conteúdo orientado ao serviço público e à sociedade”, avalia o diretor do Sindifisco Nacional e idealizador da iniciativa, Marchezan Taveira.

Advertisement

SOBRE O AUTOR

avatar

Anderson Scardoelli

Jornalista, 31 anos. Natural de São Caetano do Sul (SP) e criado em Sapopemba, distrito da zona lesta da capital paulista. Formado em jornalismo pela Universidade Nove de Julho (Uninove) e com especialização em jornalismo digital pela ESPM. Trabalhou de forma ininterrupta no Grupo Comunique-se durante 11 anos, período em que foi de estagiário de pesquisa a editor sênior. Em maio de 2020, deixou a empresa para ser repórter do site da Revista Oeste. Após dez meses fora, voltou ao Comunique-se como editor-chefe, cargo que ocupa atualmente.

COMENTAR

COMENTAR

Prêmio Comunique-se

2021

A segunda etapa de votação está aberta!