Portal Comunique-se

TV Cultura: sem ‘Manhattan Connection’ e com parceria com agência da China

TV Cultura sem ‘Manhattan Connection’ e com parceria com agência da China
O programa foi criado há 28 anos e era parte da grade da TV Cultura há 9 meses. (Imagem: reprodução/TV Cultura)

A emissora foi alvo de críticas feitas pela deputada estadual Janaína Paschoal (PSL-SP)

Compartilhe

A TV Cultura passou por movimentações nos últimos dias. A emissora mantida pela Fundação Padre Anchieta retirou o programa ‘Manhattan Connection’ de sua grade na última sexta-feira, 24, e, na segunda-feira anterior, 20, iniciou parceria com uma agência de notícias chinesa, a Xinhua.

Leia mais:

Após nove meses desde a sua integração na grade de programação da emissora, o ‘Manhattan Connection’ teve seu fim anunciado. A TV Cultura não informou os motivos para o fim do programa criado há 28 anos, na televisão paga, dizendo apenas que a decisão foi tomada em comum acordo entre as partes.

Desde a mudança para o canal, a formação da equipe do programa já não era a mesma. O âncora Diogo Mainardi e Pedro Andrade deixaram a atração. A equipe original contava, além dos dois, com Lucas Mendes e Caio Blinder.

Uma possibilidade para o fim do programa, no entanto, foi levantada pela última convidada a participar, a deputada estadual Janaína Paschoal (PSL-SP). Segundo publicações feitas no seu Twitter, o fim do ‘Manhattan Connection’ teria relação com suas falas contrárias ao governador do Estado de São Paulo, João Dória.

A Fundação Padre Anchieta, mantenedora da TV Cultura, é financiada em, pelo menos, 60% pelo governo paulista. Por esse motivo, a hipótese levantada e as críticas da deputada ganharam repercussão na mídia e nas redes sociais.

A ideia apontada foi, no entanto, negada por Lucas Mendes. De acordo com ele, em entrevista à coluna da jornalista Cristina Padiglione, na Folha de S. Paulo, o fim do ‘Manhattan Connection’ na TV Cultura foi motivado por “divergências financeiras”.

“A Cultura tem o dinheiro para pagar pelos programas atrasados, e teria para manter o programa, mas o contrato é via produtora Blend”, disse à jornalista. Ele acrescentou, ainda, que inicialmente, o programa seria custeado totalmente pela iniciativa privada, por meio de patrocínios.

Em nota distribuída no último domingo, 26, a TV Cultura negou as acusações de Janaína Paschoal e afirmou que as negociações de encerramento de contrato foram realizadas antes da realização da última edição do programa. Além disso, o episódio que conta com a participação da deputada foi reprisado e segue disponível no YouTube.

Parceria Chinesa

A TV Cultura passou a contar, no dia 20 de setembro, com uma nova parceira de conteúdos. A Xinhua, agência de notícias chinesa, e a emissora televisiva brasileira assinaram contrato para troca de informações. A agência é considerada a principal empresa de notícias do país, com publicações em diferentes idiomas e 138 escritórios ao redor do mundo.

Segundo o comunicado da TV Cultura, Chen Weihua, presidente da Xinhua, acredita que a parceria será uma forma de promover uma maior interação e conhecimento entre os povos do Brasil e da China. “Não é uma TV baseada somente em São Paulo, é divulgada no Brasil inteiro. Então essa parceria entre a Xinhua e a TV Cultura vai ajudar os dois povos a se conhecerem cada dia mais”, afirmou.

Já para o presidente da Fundação Padre Anchieta, o contato entre o veículo de comunicação e a agência chinesa permitirá o relacionamento com fontes primárias. “Esse acordo permite que a TV Cultura vá se informar na fonte primária, não na fonte alternativa ou secundária que são as agências ocidentais de informação sobre a China. Nós temos condições de, doravante, saber exatamente como pensam os chineses e o que dizem os chineses”, declarou.

Compartilhe
0
0

Julia Renó

Jornalista, 24 anos. Natural de São José dos Campos (SP), onde vive atualmente, após temporadas em Campo Grande (MS). Formada pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (MS), pós-graduanda em Jornalismo Investigativo pela Universidade Anhembi Morumbi e voluntária da ONG Fraternidade sem Fronteiras, integra o time de jornalistas do Grupo Comunique-se desde julho de 2020.

Megalive do Prêmio Comunique-se 2021

Prêmio Comunique-se

Patrocinadores Ouro

Patrocinadores Ouro



Patrocinadores Prata

Patrocinadores Prata



Patrocinadores Bronze

Patrocinadores Prata