Portal Comunique-se

Silvio Santos vem aí… no teatro

silvio santos vem aí - comédia musical - teatro
O ator Velson D'Souza como Silvio Santos. (Imagem: Adriano Dória)

Musical, que ajuda a contar a carreira do comunicador, retoma as atividades

Compartilhe

Lançada em 2020 e consequentemente interrompida por causa do avanço da Covid-19 no Brasil, a produção que se propõe a resgatar a trajetória profissional de um ícone da televisão voltará ao teatro no próximo mês. Produzida pela Paris Cultural, a comédia musical “Silvio Santos Vem Aí” voltará ao cartaz do 033 Rooftop, em São Paulo, a partir de 15 de outubro. Vendidos a partir de R$ 75 (inteira), os ingressos estão à venda por meio da plataforma Sympla.

Leia mais:

Estrelado pelo ator Velson D’Souza, de 35 anos, o musical conta a história de como o garoto chamado Senor Abravanel foi de camelô que trabalhava pelas ruas do Rio de Janeiro ao apresentador e empresário de sucesso, que fundou o SBT. A peça, aliás, tem como recorte final a década de 1990, quando o Sistema Brasileiro de Televisão se consolidou como uma das principais emissoras do país. Para isso, saudosos personagens são resgatados. São os casos, por exemplo, de Gugu Liberato, Hebe Camargo, Elke Maravilha, Aracy de Almeida, Pedro de Lara e Wagner Montes.

Selecionado para interpretar no teatro o apresentador, Velson D’Souza já tem relação profissional com o SBT. Pelo canal 4 de São Paulo, ele atuou nas novelas Cristal’, ‘Revelação’ e ‘Vende-se Um Véu de Noiva’. Além disso, teve a chance de trabalhar diretamente com o comunicador em participações do ‘Programa Silvio Santos’. Para o musical, ele avisa que tentou (e ainda tenta) fugir da caricatura do homenageado — que há décadas é uma das figuras mais imitadas no Brasil.

A convivência com ele ajudou bastante, sobretudo para perceber que ele é daquela forma que conhecemos mesmo quando não está em cena

Velson D’Souza

“Estou tentando partir da desconstrução. Minha abordagem é olhar as situações da vida dele com o máximo de verdade, da maneira mais próxima de mim, do que eu vivi e me colocar no lugar dele. Acho que a convivência com ele ajudou bastante, sobretudo para perceber que ele é daquela forma que conhecemos mesmo quando não está em cena. E trazer um pouco da voz do Silvio, sobretudo do timbre. Não para ficar aquela coisa carregada, mas para termos uma pequena diferenciação de quando é o showman e quando está conversando com outras pessoas fora de cena, como, por exemplo, com Manoel da Nóbrega”, diz Velson ao mencionar o ex-sogro de Silvio Santos e primeiro dono do Baú da Felicidade.

O ator destaca a importância de não ficar preso a gestos que marcam o trabalho de Silvio Santos à frente da telinha. “O grande lance é não ficar aquela caricatura do Silvio Santos que todo mundo faz. E isso também funciona para o gestual. Tem a questão da mão, que é muito presente, toda aquela postura altiva e elegante do Silvio. Eu acho que temos que entender isso e atravessar. Quando ele era jovem, provavelmente não era igual ao que é hoje. Mas temos que fazer algo que lembre como ele é hoje.”

silvio santos vem aí - ator velson d souza
(Imagem: Adriano Dória)

Musical e outras ações relacionadas a Silvio Santos

A equipe responsável pela produção avisa que os espectadores não irão acompanhar somente um musical sobre o apresentador de TV. Isso porque antes do início de cada sessão do espetáculo, quem estiver presente 033 Rooftop será impactado por um pré-show pautado por atrações que marcaram o ‘Programa Silvio Santos’ no decorrer das últimas décadas. ‘Porta da Esperança’, ‘Foguete do Sim ou Não’ e ‘Roletrando’ terão vez — com direito a bar com comidas típicas que apareciam no palco do ‘Domingo no Parque’.

Diretora da comédia musical ao lado de Marília Toledo, Fernanda Chamma vibra com as novidades que a produção busca implementar no teatro brasileiro. Nesse sentido, ela tem análise positiva sobre o trabalho que está liderando. “Estamos fazendo um espetáculo com muito ritmo, diversão e um formato diferente. Sempre quero ser diferente e não parar de criar nunca, pois é uma forma de respeito ao público e ao teatro musical. E o Silvio Santos é isto: uma persona única, jamais existiu e nem existirá outra similar. Acho que tem que ter esse ineditismo, humor, alegria e um estilo SBT de se fazer.”

O processo criativo do musical do Silvio está sendo bem bacana

Fernanda Chamma

Para Fernanda, o trabalho tem sido agradável e divertido. “O processo criativo do musical do Silvio está sendo bem bacana. Fechamos um elenco expressivo do teatro musical, então, estou trabalhando com uma liberdade de criação dos personagens de uma maneira bem inusitada e atemporal. Eu não quero rótulos – mesmo que estejamos trabalhando com personalidades bem conhecidas, acho que tudo o que não é previsível será bem aceito”, comenta a diretora, que também assina a coreografia da peça.

Canções que embalaram Silvio Santos na TV

Marco França teve a responsabilidade de definir a trilha sonora de Silvio Santos Vem Aí. Como diretor musical, ele escolheu músicas que marcaram a trajetória de Silvio Santos ao menos até meados dos anos 1990. Canções de artistas que marcaram presença nos programas de auditório comandados pelo comunicador também têm vez. Engana-se, porém, quem pensa que o espetáculo ficará restrito a músicas que fizeram sucesso décadas atrás. Há material inédito, avisa França.

“A minha função primeira é ser fiel aos arranjos originais, tentando mudar minimamente, colocando um pouco da minha personalidade, mas sem ferir a identidade dessas canções que estão nesse imaginário e que fizeram parte dessa época”, conta Marco França. E a outra parte compor canções novas que tenham a ver com a necessidade da dramaturgia. Dentro desse repertório popular que estava presente nas vinhetas do programa do Silvio tem um pouco do jingle publicitário. Para reforçar esse caráter, resolvi trabalhar com o Fernando Suassuna, um grande músico e amigo de infância. Ele escreveu as letras e eu compus todas as canções originais. Acho que todos estão bem felizes com o resultado”, revela o diretor musical.

Musical sobre Silvio Santos vem aí, mas com proteção contra a Covid-19

A comédia musical Silvio Santos Vem Aí ficará em cartaz no 033 Rooftop (cobertura do Teatro Santander, na capital paulista) até 21 de novembro. Contará com sessões às sextas, aos sábados e aos domingos. Para voltar à ativa, os responsáveis pela produção destacam que seguem todas as normas definidas pelas autoridades sanitárias. Para isso, a venda de ingressos está limitada a 67% do espaço. Dessa forma, haverá mapeamento de lugares para garantir o distanciamento social de um metro. Para acompanhar a peça, o uso de máscara é obrigatório.

silvio santos vem aí - silvio e iris abravanel
(Imagem: Adriano Dória)

Ficha técnica da comédia musical Silvio Santos Vem Aí

  • Texto: Marilia Toledo e Emílio Boechat
  • Direção: Fernanda Chamma e Marilia Toledo
  • Direção Musical: Marco França
  • Cenografia: Bruno Anselmo
  • Realização: Paris Cultural
  • Apresentado por: Santander
  • Patrocínio: EMS
  • Apoio: Trossesu, Esfera, Banco RCI, Getnet e Santander Seguros & Previdência
  • Produção Geral: Paris Cultural

E grande elenco…

Confira, abaixo, o elenco escalado para a peça sobre o apresentador (e dono) do SBT. A lista está em ordem alfabética dos atores.

  1. Adriano Tunes – Velha da Praça, Nahim;
  2. Andreas Trotta – Leon;
  3. Bianca Rinaldi – Íris;
  4. Bruno Kimura – Anestesista, Bailarino Russo;
  5. Daniela Cury – Rebeca Abravanel, Hebe Camargo;
  6. Diego Montez – Wagner Montez, Sidney Magal, Boni;
  7. Gigi Debei – Mara Maravilha, Telemoça;
  8. Giselle Lima – Sônia Lima, Cidinha;
  9. Gustavo Daneluz – Silvio Jovem;
  10. Hellen De Castro – Gretchen, Telemoça;
  11. Ivan Parente – Pedro de Lara;
  12. Jú Romano – Rosana, Telemoça;
  13. Juliana Bógus – Aracy de Almeida;
  14. Léo Rommano – Atrasildo, Manoel de Nóbrega Alternante;
  15. Lucas Colombo – Bozo;
  16. Paula Flaibann – Elke Maravilha;
  17. Pedro Passari – Swing;
  18. Rafael Aragão – Alberto Abravanel, Silvio Alternante;
  19. Roquildes Junior – Roque;
  20. Thiago Garça – Pablo, Bailarino Russo;
  21. Velson D’souza – Silvio Santos;
  22. Verônica Goeldi – Boneca, Bolinha de Sabão, Telemoça;
  23. Vinícius Loyola – Gugu Liberato, Gilliard, Sérgio Mallandro
silvio santos vem aí - senor abravanel jovem
(Imagem: Adriano Dória)
Compartilhe
0
0

Anderson Scardoelli

Jornalista, 32 anos. Natural de São Caetano do Sul (SP) e criado em Sapopemba, distrito da zona lesta da capital paulista. Formado em jornalismo pela Universidade Nove de Julho (Uninove) e com especialização em jornalismo digital pela ESPM. Trabalhou de forma ininterrupta no Grupo Comunique-se durante 11 anos, período em que foi de estagiário de pesquisa a editor sênior. Em maio de 2020, deixou a empresa para ser repórter do site da Revista Oeste. Após dez meses fora, voltou ao Comunique-se como editor-chefe, cargo que ocupa atualmente.

Megalive do Prêmio Comunique-se 2021

Prêmio Comunique-se

Patrocinadores Ouro

Patrocinadores Ouro



Patrocinadores Prata

Patrocinadores Prata



Patrocinadores Bronze

Patrocinadores Prata