Portal Comunique-se

Colegas e ministros lamentam morte de diretor de jornalismo da Record

domingos fraga - morte lamentada por colegas - diretor de jornalismo da record
(Imagem: Edu Enomoto/R7)

Domingos Fraga lutou contra a Covid-19 por cerca de três meses

Compartilhe
clipping-curadoria-2

A imprensa brasileira perdeu mais um grande nome no último sábado, 12, o diretor de jornalismo da Record, Domingos Fraga. Sua morte foi decorrente da Covid-19 e gerou grande comoção entre profissionais que conviveram com ele. As manifestações de pesar e homenagens foram feitas por meio de textos, durante telejornal e nas redes sociais.

Leia mais:

Fraga, como era chamado entre os colegas de profissão, estava internado em decorrência de complicações da Covid-19 há três meses. Segundo matéria publicada pelo R7, ele passava por um momento de recuperação. Em todas as plataformas, a Record noticiou o fato em meio a homenagens ao seu diretor de jornalismo.

Em sua carreira, Domingos Fraga foi professor na Faculdade Cásper Líbero e acumulava passagens por importantes veículos de comunicação, como as revistas Quem e IstoÉ, além de atuar há 15 anos na Record. “Carioca, mas paulista de coração, Fraga tinha 62 anos e sempre foi um apaixonado pelo jornalismo, profissão a que se dedicou por quase quatro décadas”, destaca a nota oficial da Record.

Roberto Cabrini usou seu perfil no Twitter para homenagear Domingos Fraga. Na publicação, o mestre do jornalismo pelo Prêmio Comunique-se destaca a qualidade do trabalho desempenhado pelo diretor da Record TV e confessa o sentimento de inspiração por esse trabalho. “Um repórter na essência da palavra que também ocupou com brilhantismo cargos de direção sempre inspirando a todos nós na rede Record”, afirmou.

Guga Chacra dedicou um espaço em seu Twitter para lamentar a morte de Fraga e agradecer pelas experiências que tiveram juntos, nas salas de aula e em seu primeiro estágio. Reinaldo Gottino também lamentou a morte do amigo, com quem revelou ter uma relação muito próxima.

No STF

O falecimento de Domingos Fraga comoveu categorias além da imprensa. Segundo matéria publicada pelo R7, os ministros do Supremo Tribunal Federal Luís Roberto Barroso e Luiz Fux manifestaram pesar pela notícia, em nome do STF, e ressaltaram a sua importância para o jornalismo brasileiro.

“A imprensa livre e bem feita é uma das coisas mais importantes na vida de um país. Ele viveu uma boa vida, combateu um bom combate e eu mando meu abraço de carinho e solidariedade para toda a família”, destacou Barroso.

Compartilhe
0
0

Julia Renó

Jornalista, 24 anos. Natural de São José dos Campos (SP), onde vive atualmente, após temporadas em Campo Grande (MS). Formada pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (MS), pós-graduanda em Jornalismo Investigativo pela Universidade Anhembi Morumbi e voluntária da ONG Fraternidade sem Fronteiras, integra o time de jornalistas do Grupo Comunique-se desde julho de 2020.

Megalive do Prêmio Comunique-se 2021

Prêmio Comunique-se

Patrocinadores Ouro

Patrocinadores Ouro



Patrocinadores Prata

Patrocinadores Prata



Patrocinadores Bronze

Patrocinadores Prata