COMUNICAÇÃO

EBC suspende perfis nas redes sociais durante período eleitoral

ebc - periodo eleitoral
(Imagem: Nelson Jr/TSE0

Empresa Brasil de Comunicação (EBC) ficará fora das redes sociais nos próximos meses. Comentários durante período eleitoral poderiam render multa

Em cumprimento à legislação eleitoral e seguindo as recomendações expressas de sua Consultoria Jurídica, a Empresa Brasil de Comunicação (EBC) suspenderá, no período de 7 de julho até 7 de outubro, as páginas de todos os perfis institucionais e de programas da empresa no Facebook e no Instagram. A medida poderá ser estendida até 28 de outubro, caso haja segundo turno das eleições.

O motivo da decisão foi a impossibilidade técnica de monitorar e moderar, durante as 24 horas do dia, antes da publicação, as áreas de comentários e interatividade das redes sociais. De acordo com a legislação eleitoral, a responsabilidade por eventuais comentários e imagens que possam ser caracterizados como campanha eleitoral é do gestor da página – que poderá arcar com multas superiores a R$ 30 mil por infração, além de responder a processo na Justiça Eleitoral.

Pelas mesmas razões e no mesmo período, a EBC vai ocultar as áreas de comentários e de chats de todos os canais institucionais e de programas da empresa no YouTube. O uso de fotos (mesmo as de arquivo), imagens e vídeos, inclusive de conteúdos jornalísticos, que contenham logomarcas, slogans, anúncios, painéis e qualquer conteúdo de natureza similar de governos ou de programas de governo também ficará proibido.

Leia mais:

***** ***** ***** ***** *****

Edição: Juliana Andrade

SOBRE O AUTOR

Portal EBC

EBC

Site lançado em outubro de 2011 pela Empresa Brasil de Comunicação (EBC). Produz conteúdo público com foco nos usuários de internet e apresenta, de forma integrada, as questões de comunicação pública. É composto de sete canais: notícias, cidadania, educação, esportes, tecnologia, cultura e infantil.

COMENTAR

COMENTAR

Notícias Corporativas