CARREIRA

#FalaEditor: uma aula prática sobre SEO

#FalaEditor sobre SEO e Google
(Imagem: Canva.com)

Há recursos que precisam ser levados em conta na hora de produzir um conteúdo online

O que faz um texto de determinado site ou blog aparecer nas primeiras posições do Google? Com a intenção de responder essa pergunta, o #FalaEditor apresenta uma aula prática de SEO. Assista

Search Engine Optimization. Popularmente reconhecida pela sigla SEO, a definição é relativa ao trabalho de fazer conteúdos aparecerem bem posicionados e de forma orgânica (gratuita) em mecanismos de buscas pela internet. E mecanismo de pesquisa online é, praticamente, sinônimo de… Google.

Leia mais:

Emissora suspende contratos de comentaristas
Webinar apresenta dicas para cobertura da Covid-19
Coronavírus afasta Mari Palma e Phelipe Siani da TV

Tendo essa premissa como base, o jornalista Anderson Scardoelli, apresentador do #FalaEditor no canal do Comunique-se no YouTube, gravou o que definiu como “aula prática” sobre SEO. Ele analisou, texto por texto, link por link, os conteúdos que apareciam nas primeiras posições orgânicas do Google. Os cinco termos de buscas mais buscados no Brasil no início da tarde de domingo, 29, foram utilizados como referência para o vídeo.

A “aula prática” apresentada no #FalaEditor ajuda a constatar que há pelo menos um mito em relação ao que e-books e ditos especialistas propagam sobre SEO. De que é obrigatório produzir “textões”, com mais de 1,5 mil ou duas mil palavras, para conseguir espaço nas primeiras posições do Google. Boa parte dos materiais analisados continha pouco volume textual.

Em contrapartida, os conteúdos que apareceram no topo dos resultados fornecidos pelo Google tinham alguns pontos em comum. Como…

  1. Frases e parágrafos curtos;
  2. Utilização de recursos multimídia, principalmente fotos;
  3. Palavras-chave aparecendo no título na meta-descrição e se repetindo ao decorrer do texto;
  4. Presença da chamada linha fina, que por sua vez não conta com a palavra-chave;
  5. Conteúdos organizados em blocos, por meio de intertítulos/subtítulos;
  6. URL amigável, com a palavra-chave aparecendo no endereço;
  7. Inclusão de hiperlinks internos (para o mesmo domínio) e externos (para outros sites ou blogs).

Assista ao #FalaEditor sobre SEO e Google:

SOBRE O AUTOR

Redação Comunique-se

Equipe responsável pela produção de conteúdo do Portal Comunique-se.

1 COMENTÁRIO

COMENTAR

  • Nice post. I was checking constantly this blog and I am inspired!
    Extremely helpful info specially the last phase 🙂 I maintain such info
    much. I used to be seeking this certain information for a very lengthy time.

    Thanks and best of luck.