AUDIÊNCIAS

GloboNews se mantém como canal mais visto na TV paga

GloboNews é campeã de audiência
Imagem: Reprodução/GloboNews

Durante a pandemia da Covid-19, o canal bateu recordes de audiência e registrou 119 mil telespectadores no início de 2021

Apesar do lançamento da CNN Brasil, em março de 2020, a GloboNews segue como o canal de notícias mais assistido na TV paga. No último ano, inclusive, a emissora teve aumento na audiência, em decorrência da pandemia da Covid-19. A informação foi divulgada hoje, 16, pelo site de notícias Splash, do UOL.

De acordo com a matéria publicada pelo Splash, com base em dados exclusivos do Kantar Ibope Media, a Globo bateu recordes e registrou 119 mil telespectadores no primeiro bimestre de 2021, ficando 71% acima do índice somado dos canais CNN Brasil, Band News e Record News. Além disso, no ranking dos 10 canais mais vistos do país, 6 são do Grupo Globo (GloboNews, Viva, SporTV, Universal, Multishow e Megapix).

Leia mais:

Covid-19: Brasil é o país com mais jornalistas mortos
CNN Brasil lança podcast para discutir questões de raça e gênero

Em São Paulo, a liderança do canal também se manteve. A média diária registrada pela GloboNews é de 0,66, o que representa aproximadamente 18 mil domicílios — em SP, cada ponto registrado representa em torno de 28 mil domicílios.

Outro dado relevante, apontado pelo site de notícias, é que o canal ocupa o primeiro lugar entre as emissoras de TV por assinatura com maior número de pessoas das classes AB em seu público. A classificação é competida, principalmente, com a CNN Brasil, que anunciou ter o maior público percentual de público AB.

Presença digital

Além da TV, a briga por audiência também se estende ao mundo online. Com a redução de público nos canais por assinatura, a Globo tem investido cada vez mais em conteúdos por streaming, transmitidos pela GloboPlay, o que não seria diferente com os conteúdos da GloboNews.

Além disso, podcasts como o ‘Papo de Política’, apresentado pelas jornalistas Natuza Nery, Maju Coutinho, Julia Duailibi e Andréia Sai, pode ser acessado gratuitamente em plataformas digitais como o Spotify, Deezer ou mesmo por meio do site do G1.

SOBRE O AUTOR

Julia Renó

Jornalista, 23 anos. Natural de São José dos Campos (SP), onde vive atualmente, após temporadas em Campo Grande (MS). Formada pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (MS) e voluntária da ONG Fraternidade sem Fronteiras, integra o time de jornalistas do Grupo Comunique-se desde julho de 2020.

COMENTAR

COMENTAR